• OPINIÃO




  • PRINCIPAIS NOTÍCIAS

    conheça os tipos de tributos que a Prefeitura pode arrecadar

    06/03/2017


    IMPOSTO : é o tributo cuja obrigação tem por fato gerador uma situação específica, independentemente de qualquer atividade estatal relativa ao contribuinte.

    · IPTU - Imposto Predial e Território Urbano: pago pelos donos de casas, terrenos, apartamentos, prédios comerciais, etc.

    · ITBI - Imposto sobre Transação Intervivos de Bens Imóveis: pago por quem vende terrenos e construções sobre o valor da transação.

    · ISS — Imposto sobre Serviço de Qualquer Natureza: pago por empresas e profissionais liberais (médicos, advogados, engenheiros) que têm base no município, em função do que recebem de seus clientes por serviços prestados.

    São da prefeitura os recursos arrecadados com o Imposto de Renda incidente na fonte sobre os rendimentos pagos a qualquer título por ela, suas autarquias e pelas fundações que instituírem e mantiverem.

    · TAXA: É pagamento que a população faz à prefeitura pelo exercício regular do poder de polícia ou pela utilização efetiva ou potencial de serviço público específico e divisível prestado ao contribuinte ou colocado à sua disposição, tais como: a concessão de licenças e alvarás; habite-se; licença de vendedores ambulantes; coleta de lixo; iluminação pública, etc.

    PRINCIPAIS TAXAS MUNICIPAIS

    · TAXA DE LICENÇA

    · TAXA DE ILUMINAÇÃO PÚBLICA

    · TAXA DE LIMPEZA

    CONTRIBUIÇÃO DE MELHORIA: É o pagamento que a população faz à prefeitura para fazer face ao custo de obras públicas de que decorra valorização dos imóveis

    RECEITAS PATRIMONIAIS: É o que a prefeitura arrecada através da administração e gerenciamento do seu patrimônio mobiliário, imobiliário e financeiro. Ex: juros recebidos e alugueis.

    RECEITAS DE SERVIÇOS: É o que a prefeitura arrecada pelo serviço prestado através dos seus órgãos, fundações, autarquias ou empresas públicas:

    · Serviços sanitários: o que arrecada pela vigilância sanitária;

    · Serviço administrativo: o que arrecada nos expedientes e protocolos;

    · Serviços industriais: o que arrecada das suas indústrias próprias.

    Exemplo: o matadouro municipal.

    TRANSFERÊNCIAS

    São os recursos que a prefeitura recebe das outras esferas de governo. Podem ser obrigatórias, isto é, por determinação constitucional ou legal. Ex: Fundo de Participação dos Municípios – FPM e o Fundo Nacional de Desenvolvimento do Ensino Fundamental e de Valorização do Magistério – FUN­DEF); ou voluntárias (pela livre vontade do repassador. Ex: (convênios).

    · TRANSFERÊNCIAS OBRIGATÓRIAS DA UNIÃO

    O governo federal destina aos municípios uma fatia do bolo dos impostos arrecadados. As transferências da União aos municípios são:

    - FPM - FUNDO DE PARTICIPAÇÃO DOS MUNICÍPIOS:            Este fundo é a mais importante fonte de recursos dos pequenos municípios. E constituído por 22,5% da arrecadação dos Impostos sobre a Renda (IR) e sobre Produtos Industrializados (IPI). É distribuído para os municípios de acordo com a sua população.

    - ITR - IMPOSTO SOBRE A PROPRIEDADE TERRITORIAL RURAL: É repassado pela União aos Municípios, 50% do total arrecadado, relativamente aos imóveis situados em seu território.

    - IOF - IMPOSTO SOBRE OPERAÇÕES FINANCEIRAS SOBRE O OURO QUANDO ATIVO FINANCEIRO – A União repassa 70% do imposto ao município produtor de ouro.

    - ICMS-ES. EXP – A União repassa ao município 25% do valor como compensação pelas perdas decorrentes da desoneração do Imposto sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços, de produtos primários e semi-manufaturados remetidos ao exterior. (Lei Kandir)

    - FEP - FUNDO ESPECIAL DO PETRÓLEO: (Royalties): Recursos repassados pela União em função da extração de petróleo


    Como deve ser gasto
    Existe uma lógica que dita como o dinheiro deve ser gasto. É obrigatório que 25% do orçamento da prefeitura vá para a educação e 15% para a saúde. Os outros 60% são usados para os salários de servidores, encargos e outros.
    Cabe ao cidadão fiscalizar se isso está acontecendo corretamente, porque o gestor que descumpre as regras é penalizado. Para que isso seja possível, existem leis que garantem o acesso às informações de como os valores estão sendo usados, como a da Transparência, que obriga os poderes públicos a terem sites onde é possível ver balanços e prestações de contas.

    siga o blog ao lado.

    COMPARTILHE!
    Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

    Assine e receba notícias em seu Email

    leia mais

     

    Copyright © 2015. JORNAL 21 BRASIL.
    jornal do brasil, jornal 21, notcias de Bolsonaro, política do brasil, porque lula vai ser preso, RN, Jornalismo livre, a tragetoria de Sergio Moro, notícias do brasil, notícias de Sergio Moro, notícias de lula, lula preso, lula na cadeia,




    JORNAL 21 BRASIL
  • ""SOCIAL VIVA VIDA""/a mais nova rede social, é grátis!
  • crie um grupo ou página só seu, e convide seus amigos. Totalmente grátis e fácil com rápido acesso
  • Jornalismo livre