• OPINIÃO




  • PRINCIPAIS NOTÍCIAS

    Sérgio Moro enfatiza que Lula estaria se comportando como o dono do sítio, mas terceiros teriam bancado a reforma milionária

    02/08/2017


    O juiz federal Sergio moro responsável pela maior operação da policia federal acolheu a denuncia do MPF em que o ex Luiz Inácio lula da silva é o verdadeiro dono do sitio em atibai-a. O ex presidente já está condenado no caso triplex a 9 anos e meio de cadeia, e agora mais uma vez é réu na lava jato.


    O MPF afirma que o sitio em atibai-a pertence ao ex presidente, e que ele teria sido beneficiado com propinas nos valores absurdos,
    Segundo os procuradores, o imóvel passou por reformas custeadas pelas empresas Odebrecht, OAS e Schahin. As obras, que teriam servido para lavar cerca de R$ 870 mil, foram feitas em razão da nomeação de diretores da Petrobras orientados para a prática de crimes em benefício da Odebrecht e da OAS.



    Já o juiz Sérgio Moro enfatiza que Lula estaria se comportando como o dono do sítio, mas terceiros teriam bancado a reforma milionária do imóvel, através de contratos fraudulentos com o Grupo Odebrecht, a OAS e acertos entre o pecuarista José Carlos Bumlai e a Petrobras. 
    Lula teria recebido propinas de empreiteiras e o valor teria sido destinado ao Partido dos Trabalhadores (PT). 
    Um outro ponto que chama a atenção é que as reformas realizadas no sítio ocorrem de forma significativa entre 2010 e 2014, durante o mandato do PT. 


    COMPARTILHE!
    Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

    Assine e receba notícias em seu Email

    leia mais

     

    Copyright © 2015. JORNAL 21 BRASIL.
    jornal do brasil, jornal 21, notcias de Bolsonaro, política do brasil, porque lula vai ser preso, RN, Jornalismo livre, a tragetoria de Sergio Moro, notícias do brasil, notícias de Sergio Moro, notícias de lula, lula preso, lula na cadeia,




    JORNAL 21 BRASIL
  • ""SOCIAL VIVA VIDA""/a mais nova rede social, é grátis!
  • crie um grupo ou página só seu, e convide seus amigos. Totalmente grátis e fácil com rápido acesso
  • Jornalismo livre