SÃO TOME; PREFEITO E VICE PREFEITO NÃO FALAM A MESMA LÍNGUA, (um racha a frente)

Por; Rosinaldo Pereira /colunista

SÃO TOME;  PREFEITO E VICE PREFEITO NÃO FALAM A MESMA LÍNGUA


SÃO TOMÉ RN

No inicio do ano passado começou a era baba e miguel.  Em meados de janeiro e maio, a dupla que parecia aos olhos do são-tomeense os salvadores da pátria, que vinham com propostas inovadoras prometendo uma são tomé reconstruída e com avanços.

Diante da realidade do município de são tomé, onde quem é bom se vira nos trinta,
o prefeito municipal tentou de todas as formas cumprir com o prometido em palanques diante da pululação em época de campanha, mas a realidade não é o que parece ser.


A classe dos educadores de são tomé enlouquece com qualquer gestor. A folha de pagamento sempre foi a mais alta de todas, e isso tem tornado praticamente impossível de ser cumprida, fazendo com que o prometido seja impossível de ser uma realidade, (pagamentos em dia).

O vice prefeito Miguel, líder do partido dos trabalhadores PT, aparelhado pelos vereadores Emerson e Zé Nilton o atual presidente da casa, já não participa mais de movimentos junto com o mandatário babá. Para começo de historia, o vice prefeito começou a mandato sendo nomeado secretário de educação do município, mas em poucos meses por questões ainda desconhecidas, Miguel passou o bastão para uma pessoa de confiança do próprio prefeito.

UM RACHA A FRENTE
Em programa de rádio o prefeito tem usado uma técnica falível e vulnerável, essa técnica foi usada pelo ex gestor, que sempre defendeu o seu mandato, isso prova que o bom são as pessoas defenderem a gestão e não  o próprio governo. O prefeito e o vice prefeito não falam a mesma língua, Pois bem, em nem um momento o prefeito esteve junto com o vice  em repartições publicas, depois do pré-lançamento a deputado estadual, ou até no programa de rádio defendendo a gestão, isso tem causado um desconforto e um desequilíbrio na gestão atual. 



Agora o vice que atualmente tem mudado o seu comportamento toma as rédias do partido, e impulsionado pela senadora Fátima Bezerra lança-se a deputado estadual pelo partido que sempre defendeu, PT. Isso causou um impacto negativo na chapa vitoriosa, mostrando uma divisão, que pode fazer com que o prefeito babá e o vice Miguel estejam em palanques diferentes, (um racha a frente) tornando-se opositores entre si.


OPINIÃO


Em meio a tudo isso que está ocorrendo no senário politico de são tomé, só á uma saída para o prefeito babá, construir uma linha de frente formada por lideranças da oposição para preencher o espaço deixado pelos petistas, e torná-los amigáveis ao seu mandato.  Acredito que na altura do campeonato o prefeito babá já não quer acordo com o PT.   Rosinaldo



Continue lendo....