Jesus








Antes leia, o destaque!

Urgente: TRE-SC determina apreensão de propaganda irregular do PT com ‘Lula presidente’

 TRE-SC determina apreensão de propaganda irregular do PT com ‘Lula presidente’ O TRE de Santa Catarina determinou há pouco busca...

URGENTE; O golpe no STF vai resultar em intervenção militar, diz general


Por; Rosinaldo Pereira /colunista

terça-feira, 3 de abril de 2018



O golpe no STF vai resultar em intervenção militar, diz general


O golpe no STF vai resultar num golpe militar; Esta foi a

expressão do General Luiz Gonzaga


O general Luiz Gonzaga Schroeder Lessa disse para o Estadão:
“Se acontecer tanta rasteira e mudança da lei, aí eu não tenho dúvida de que só resta o recurso à reação armada. Aí é dever das Forças Armadas restaurar a ordem”.
Urgente; Um cenário de golpe no STF; Marco Aurélio, agora quer votar prisão em segunda instância e não HC de Lula
Os militares se recusam a aceitar que o comando das tropas seja entregue a um criminoso condenado pela Lava Jato (ou a um de seus prepostos).


PT articula adiar sessão do HC de lula com racha no Supremo



Petistas buscam usar a divisão para tentar forçar o adiamento da sessão e ganhar tempo para o plenário discutir o retorno do rito constitucional de trânsito em julgado - ou seja, o encarceramento somente após o esgotamento de recursos em tribunais superiores



O julgamento do Supremo Tribunal Federal (STF) sobre o habeas corpus do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, marcado para quarta-feira 4, intensificou a polarização entre ministros da Corte. Uma parte deles critica a possibilidade de se votar apenas o caso específico do petista e pressiona por um novo julgamento sobre a reclusão no segundo grau.

Petistas buscam usar a divisão para tentar forçar o adiamento da sessão e ganhar tempo para o plenário discutir o retorno do rito constitucional de trânsito em julgado - ou seja, o encarceramento somente após o esgotamento de recursos em tribunais superiores.

veja também;  O golpe no STF vai resultar em intervenção militar, diz general 


O racha ficou evidente com a declaração do ministro Marco Aurélio Mello a CartaCapital, na qual dirigiu críticas veladas contra a presidente Cármen Lúcia por não pautar duas Ações Declaratórias de Constitucionalidade (ADN) que buscam revogar a prisão na segunda instância. "Eu ia colocar a questão de ordem no dia 22 (de abril), como anunciei. Mas ante o fato dela (a presidente do STF) ter designado o dia seguinte para o julgamento do habeas corpus até certo ponto ficou precificada a questão de ordem", diz. 




Paira no ar a possibilidade do tema voltar a pedido do ministro a partir de uma questão de ordem, o que ele não confirma nem nega, mas deixa em suspenso ao afirmar que "por enquanto, quem define o dia do julgamento é a presidente".
O ministro Gilmar Mendes sinaliza na mesma direção. Ele afirmou ao jornal O Globo que “no plenário, o tribunal pode fixar nova orientação em qualquer processo." via carta capital





Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

Últimas atualizações

VOCÊ VIU?

As mais lidas da semana

Bombando no Google



 
JORNAL 21 BRASIL.
jornal do brasil, jornal 21, notícias de Bolsonaro, política do brasil, Jornalismo livre, a tragetoria de Sergio Moro, notícias do brasil, notícias de Sergio Moro, notícias de lula, lula preso, lula na cadeia, operação lava-jato




  • ""CONHEÇA ""SOCIAL VIVA VIDA"" a mais nova Rede social da família""

  • ""JORNALISMO LIVRE""



  • ""O SEU JORNAL DIGITAL 24 HORAS POR DIA, 7 DIAS POR SEMANA. ""