Uma página a serviço do Brasil:

APOSENTADORIA DE DILMA FOI IRREGULAR, DIZ REVISTA VEJA



APOSENTADORIA DE DILMA FOI IRREGULAR, DIZ REVISTA VEJA 


Uma sindicância aberta para investigar a concessão da aposentadoria à jato à ex-presidente Dilma Rousseffconfirmou que o benefício foi concedido de forma irregular por servidores da Previdência.
Eles manipularam o sistema do INSS para conseguir aprovar seu benefício, usando influência política para furar a fila de benefícios.
A aposentadoria foi obtida pela ex-presidente em setembro, em menos de 24 horas, às vésperas da confirmação de seu impeachment.

O processo de aposentadoria da ex-presidente foi aberto no sistema e concluído sigilosamente.
E, em poucos minutos, Dilma deixou a condição de recém-desempregada para furar a fila de milhares de brasileiros e tornar-se aposentada com o salário máximo de R$ 5.189,82.
A investigação concluiu que a papelada apresentada por Dilma ao INSS e os procedimentos adotados pela servidora no sistema do órgão, para efeitos de cálculo de tempo de serviço, não foi comprovado.
Como não há muito a ser feito para corrigir as irregularidades, a sindicância está cobrando de Dilma ao menos a devolução de R$ 6.188 reais, simbolicamente, referentes a um mês de salário que teria sido pago irregularmente pelo INSS. INFORMAÇÕES DE ; VEJA.COM


Compartilhe e alcance mais pessoas:

Seguir no twitter;



Deixe sua opinião, é muito importante:


Uma página de Direita, tudo sobre Moro e Bolsonaro. Diga não ao PT, curta essa página e fique por dentro de tudo:


Pátria amada Brasil até morrer!
Grupo Público · 3.214 membros
Participar do grupo
Temos total liberdade de apoiarmos a direita encabeçada por Jair Bolsonaro e depois Sergio Moro. junte-se a nós.









Notícias Relacionadas

  • Volte para capa e leia mais >>>>> Leia mais...

  • .Direto da Fonte, com Rosinaldo Pereira

    . Denúncia Política. -O lado oculto da política

    Em breve, podcasts de Jornal 21, click aqui e ouça :