Neste site tem: "Black Friday"







URGENTÍSSIMO!!! Ex-genro de Marco Aurélio assina liminar que pode soltar Lula

Em: __Por: Rosinaldo Pereira

__ 4/06/2018




URGENTÍSSIMO!!! Ex-genro de Marco Aurélio assina liminar que pode soltar Lula






Ex-genro de Marco Aurélio assina liminar que pode soltar Lula




Cláudio Pereira de Souza Neto, um dos três advogados que assinam a liminar na qual o Partido Ecológico Nacional (PEN) pede que o STF garanta a liberdade de condenados que ainda possam recorrer às cortes superiores, é ex-genro de Marco Aurélio Mello. Ele foi casado com Letícia de Santis Mello, filha do ministro.



No meio jurídico, cabe uma visão de que Mello, relator do caso, poderia ter que se declarar impedido de julgar a liminar. E que o caso deveria ser redistribuído na Corte. Até agora, mesmo com a proximidade do autor da liminar, Mello não se declarou impedido.
Essa ação tem suma importância, pois pode reverter a decisão que autoriza a prisão após o fim dos recursos na segunda instância.



Nesse caso, anularia-se o resultado do julgamento que negou o habeas corpus a Lula na última quarta (4). VEJA

Compartilhem agora........ diga não ao golpe!








Se você não divulgar, a Globo não divulga: Compartilhe em "grupos" e alcance mais pessoas:


Seguir; Aliança pelo Brasil

Seguir no twitter;




"NÃO DEIXE A VOZ DA DIREITA SILENCIAR" O jornalismo em que você confia depende de você. Colabore com o JORNAL 21 BRASIL, uma Imprensa livre e sem dinheiro público, doando qualquer valor. Acesse:




Uma página 100% de DIREITA. Você pode e tem voz.



"Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem"





ALIANÇA PELO BRASIL: "Este é um momento histórico, onde a maioria silenciosa finalmente terá voz". Ajude o presidente, curta a Página


Pátria amada Brasil até morrer!
Grupo Público · 50.197 membros
Participar do grupo
Temos total liberdade de apoiarmos a direita encabeçada por Jair Bolsonaro e depois Sergio Moro. junte-se a nós.

Destaque do dia..

PRISÃO EM SEGUNDA INSTÂNCIA PASSA NA CCJ DA CÂMARA

A CCJ da Câmara acaba de aprovar, por 50 votos a 12, relatório favorável à proposta que permite a prisão após condenação em segunda inst...

As mais lidas do dia