"Destaque do dia"


Postagem em destaque

Partidos de Centro decidem isolar João Doria

Em meio à disputa tucana, Doria recebe aviso de isolamento do centro; governador recorreu ao PP e ao DEM, registra o Painel da Folha.  ...




Dilma Rousseff recebe um salário mensal de 17 mil reais de uma entidade petista bancada com dinheiro público, diz revista

Em:
__ Dia e mês: 25.5.18




Dilma Rousseff recebe um salário mensal de 17 mil reais de uma entidade petista bancada com dinheiro público, diz revista





Dilma Rousseff recebe um salário mensal de 17 mil reais de uma entidade petista bancada com dinheiro público




A Crusoé esquadrinhou as contas do fundo partidário.


Dilma Rousseff recebe um salário mensal de 17 mil reais de uma entidade petista bancada com dinheiro público.
A reportagem de Filipe Coutinho diz também:


“Os documentos do TSE trazem até uma nota fiscal de um buquê de flores de 182 reais comprado com dinheiro do fundo partidário para homenagear Dilma no dia de seu aniversário.
Sim, você ajudou a pagar flores para Dilma.”













Jornalista, articulista político. O que me interessa é a verdade. Sou de "Direita" conservador, amo o meu país.

Se você não divulgar, a Globo não divulga: Compartilhe em "grupos" e alcance mais pessoas:






Inscreva-se no canal "PÁTRIA AMADA BRASIL"

Seguir; Aliança pelo Brasil



"NÃO DEIXE A VOZ DA DIREITA SILENCIAR" O jornalismo em que você confia depende de você. Colabore com o JORNAL 21 BRASIL, uma Imprensa livre e sem dinheiro público, doando qualquer valor. Obrigado de coração a todos vocês, Acesse:





Uma página 100% de DIREITA. Você pode e tem voz.



"Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem"






ALIANÇA PELO BRASIL: "Este é um momento histórico, onde a maioria silenciosa finalmente terá voz". Ajude o presidente, curta a Página


Canal, Pátria amada Brasil

Inscreva-se:

O garantista Gilmar Mendes perdeu!

Pátria amada Brasil até morrer!
Grupo Público · 50.197 membros
Participar do grupo
Temos total liberdade de apoiarmos a direita encabeçada por Jair Bolsonaro e depois Sergio Moro. junte-se a nós.




As mais lidas do dia