O que os militares fizeram para que Bolsonaro chegasse ao poder? -Olavo sempre fez






Sigo admirando Olavo, diz o presidente Jair Bolsonaro

O filósofo Olavo de Carvalho sempre contribuiu para que acontecesse a mudança do sistema. -Isso é fato!



Aos 71 anos, Olavo de Carvalho vive desde 2005 nos Estados Unidos, de onde ministra cursos de Filosofia que são transmitidas por vídeos na Internet. Até pouco tempo atrás era tratado como uma espécie de caricatura da extrema direita e do neoconservadorismo no Brasil, mas algo definitivamente mudou com a eleição de Bolsonaro para a presidência da República.




A chamada nova direita que chegou ao poder pelas mãos de Bolsonaro, que mistura a defesa do liberalismo econômico com o conservadorismo moral, tem no filósofo brasileiro Olavo de Carvalho uma clara referência intelectual. Tanto Flávio Bolsonaro, senador eleito pelo Rio de Janeiro e filho do futuro presidente do Brasil, quanto seu irmão Eduardo já foram a Richmond, na Virgínia, e participaram de transmissões no YouTube ao lado dele. A lista de seguidores não para por aí: também estão entre os discípulos de Carvalho personagens como o blogueiro de direita Felipe Moura Brasil e a deputada federal eleita por São Paulo Joyce Hasselmann, do mesmo partido do presidente eleito.

-“Sua obra em muito contribuiu para que eu chegasse ao governo”, escreveu o presidente em nota postada no Twitter. Para o político, sem os trabalhos do guru, “o PT teria retornado ao poder”. “Continuo admirando o Olavo.”




Perguntar não faz mal; o que os militares fizeram para que Bolsonaro chega-se ao poder? -NADA!

Desde a vitória do capitão da reserva do Exército Brasileiro, Jair Messias Bolsonaro, que os militares começaram a surfar na nova onda, "a vitória do capitão".

-Onde eles [os Generais...] estavam?



Compartilhe e alcance mais pessoas:

Seguir no twitter;





>> CLICK AQUI E VEJA, VEM AÍ A PAUTA EXPLOSIVA DO STF..

"A CORRUPÇÃO MATA NA FILA DO HOSPITAL"




Eis o que Dias Toffoli pensava sobre prisão em segunda instância (antes de Lula ser preso)

>

Pátria amada Brasil até morrer!
Grupo Público · 50.197 membros
Participar do grupo
Temos total liberdade de apoiarmos a direita encabeçada por Jair Bolsonaro e depois Sergio Moro. junte-se a nós.

Destaque do dia..

Celso de Mello “sinaliza” que vai anular processo de Lula condenado pelo ex-juiz Sérgio Moro

Nos bastidores, a possibilidade de se alinhar a Gilmar e a Ricardo Lewandowski a favor do pedido do petista para derrubar a condenação ...


As mais lidas do dia..