Anúncio


Publicidade
Anúncio

Talvez você tenha perdido

Anúncio
Continuar depois da publicidade


Mensagens roubadas enquadram o STF "PGR reuniu-se com um ministro do STF para segurar um pedido de HC de executivos"



O STF quer rasgar os processos de Lula com o argumento de que Deltan Dallagnol e Sergio Moro conversavam sobre o encaminhamento dos casos da Lava Jato.

Neste domingo, a Folha de S. Paulo revelou que Rodrigo Janot e Teori Zavascki faziam exatamente a mesma coisa, conversavam entre si, são os mesmo que estão acusando Sérgio Moro e Deltan.

Segundo as mensagens roubadas, o Procurador-Geral da República reuniu-se com um ministro do STF para segurar um pedido de habeas corpus de executivos da Andrade Gutierrez, que estavam negociando um acordo com a Lava Jato.

Para acusar Sergio Moro – com um pretexto fraudulento -, as mensagens roubadas mostram que o STF fazia a mesma coisa, o STF terá de acusar o próprio STF.

Com informações do site o Antagonista

O QUE HÁ DE NOVO