.






Nesta quarta-feira (27/11), o Congresso Nacional derrubou sete dispositivos que o presidente Jair Bolsonaro havia vetado na minirreforma eleitoral aprovada pelos parlamentares neste ano. Apenas um item foi mantido e outros 37 foram destacados para serem votados na próxima terça-feira (3/12).

Dentre os trechos retomados está a possibilidade de se utilizar o fundo partidário em gastos com passagens aéreas, independentemente de filiação partidária, para eventos relacionados à legenda, como congressos, convenções ou palestras.



O governo havia vetado este ponto sob o argumento de que a proposta “possibilita desvirtuar o escopo do financiamento público da atuação do partido político, bem como abre espaço para gastos de verbas com atividades que não estejam estritamente vinculadas aos interesses partidários”.

O único veto mantido foi ao trecho que permitia aos partidos políticos prestar contas por qualquer sistema de contabilidade disponível no mercado.

1 Comentários

todos os comentários é de inteira responsabilidade do leitor

Postar um comentário

todos os comentários é de inteira responsabilidade do leitor

Postagem Anterior Próxima Postagem