.






A implosão do PT continua 


Antonio Palocci citou Gleisi Hoffmann e a governadora do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra, na delação premiada que fechou com a PF, informa Igor Gadelha na Crusoé.

No documento, ao qual Crusoé teve acesso, a PF diz que Palocci admite ter sido o responsável pela distribuição de valores ilícitos pagos pela Camargo Corrêa ao PT.

Esses recursos, segundo o ex-ministro, teriam sido direcionados a vários candidatos do partido, entre os quais Gleisi e Fátima.


Leia aqui;



"O ex-ministro Antonio Palocci citou a presidente nacional do PT, Gleisi Hoffmann (foto), e a governadora do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra, na delação premiada que fechou com Polícia Federal. No documento, a que Crusoé teve acesso, a PF diz que Palocci admite ter sido o responsável pela distribuição de valores ilícitos pagos pela Camargo Correia ao PT, POR MEIO DE DOAÇÕES OFICIAIS, na eleições de 2010. 

Esses recursos, segundo o ex ministro, teriam sido direcionados a diversos candidato do partido. Entre eles, Gleisi e Fátima, que se elegeram senadora e deputada Federal, respectivamente naquele ano".

Deixe sua opinião

todos os comentários é de inteira responsabilidade do leitor

Postagem Anterior Próxima Postagem