Publicidade
Nada de segunda instância: Fux mantém prisão de suspeitos detidos na Operação Faroeste






Nada de segunda instância


Além de negar reverter o afastamento do presidente do TJ da Bahia, Gesivaldo Nascimento Britto, o ministro Luiz Fux também negou neste sábado liberdade a outros três suspeitos de participação em venda de decisões judiciais na Bahia.

Os três pedidos de liberdade negados pelo ministro foram de Márcio Miranda Duarte, Adailton Maturino dos Santos e Antonio Roque do Nascimento Neves.



Como resultado da Operação Faroeste, em novembro, quatro desembargadores do TJ-Ba foram afastados.

Segundo o Ministério Público Federal, além dos desembargadores e juízes, integram a organização criminosa advogados e produtores rurais que, juntos, atuavam na venda de decisões para legitimar terras no oeste baiano.

AGORA DEPENDEMOS DE VOCÊ PARA CONTINUARMOS NO AR


O jornalismo em que você confia, conservador, depende de você. Colabore com a independência do DENÚNCIA POLÍTICA doando qualquer valor; "Doar é uma pratica que requer desapego.

Quero doar 10:


Quero doar 20:


Quero doar 30:

DEIXE SUA OPINIÃO:

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem

Postagem Anterior Próxima Postagem

Anúncio

Anúncio

----

Anúncio




Anúncio