• OPINIÃO
  • URGENTE; defesa de lula acusa MPF e LAVA-JATO e tenta impedir novos depoimentos de Glaucos e de contador

    10/11/2017

    defesa de lula acusa MPF e LAVA-JATO e tenta impedir novos depoimentos de Glaucos e de contador



    O jornal o globo divulgou hoje 10/11 que A defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva acusa os procuradores da força-tarefa da Lava-Jato de Curitiba de tentar reabrir indevidamente a fase de instrução do processo que investiga se a Odebrecht pagou vantagens indevidas ao ex-presidente.

     Nesta quinta-feira, o MPF pediu que sejam novamente ouvidos Glaucos Costamarques - que figura como proprietário do apartamento e, segundo a defesa de Lula, aluga o imóvel para Lula - e João Muniz Leite, contador que teria recolhido assinaturas de Glaucos em recibos de aluguel apresentados à Justiça.




    Em petição encaminhada ao juiz Sergio Moro, os advogados de Lula argumentam que a fase de depoimentos do processo já terminou, e o MPF não detalhou, como havia pedido o juiz, o que de fato quer que seja periciado nos recibos de aluguel apresentados à Justiça.
    Lula é acusado de ter sido beneficiado pela empreiteira com a compra de uma cobertura vizinha à dele em São Bernardo do Campo, que teria sido colocada em nome de Glaucos, e com a compra de um prédio que seria usado como sede pelo Instituto Lula. O apartamento, segundo Lula, é alugado. O Instituto Lula nunca usou o prédio comprado pela Odebrecht.

    leia agora;

    deputado Carli Filho por decisão do STF vai a júri popular "provocou duas mortes"


    Os procuradores suspeitam que os recibos de aluguel apresentados por Lula sejam ideologicamente falsos e pediram perícia nos documentos. Os advogados de Lula afirmaram na petição que o MPF alardeou a prova pericial e, com o pedido de novos depoimentos, recuou "porque sabe que os recibos são autênticos e refletem a realidade dos fatos". Para a defesa de Lula, a entrega dos recibos comprova os pagamentos e Glaucos recolheu imposto de renda devido sobre os aluguéis, além de ter declarado os valores à Receita Federal em 2016.


    Ao pedir os novos depoimentos, o MPF ressaltou que os recibos não foram apreendidos no apartamento de Lula, que foi alvo de busca e apreensão pela Polícia Federal e uma planilha de gastos domésticos do ex-presidente não relacionava os pagamentos. Os advogados do ex-presidente diz que a planilha de gastos é apócrifa e os recibos da locação não eram alvo das buscas da PF na ocasião. Para eles, os recibos são comprovantes de pagamentos válidos de acordo com o Código Civil.

    "A Defesa buscou e apresentou os referidos documentos em atenção à incitação do Juízo, como antes indicado. Ao requisitar os recibos de pagamento, Vossa Excelência reconheceu a força probatória desses documentos", argumentaram os advogados.









    COMPARTILHE!
    Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

    nossa realidade!! nos roubaram

    Assine e receba notícias em seu Email

    leia mais

     

    Copyright © 2015. JORNAL 21 BRASIL.
    jornal do brasil, jornal 21, notcias de Bolsonaro, política do brasil, porque lula vai ser preso, RN, Jornalismo livre, a tragetoria de Sergio Moro, notícias do brasil, notícias de Sergio Moro, notícias de lula, lula preso, lula na cadeia,




    JORNAL 21 BRASIL
  • ""SOCIAL VIVA VIDA""/a mais nova rede social, é grátis!
  • crie um grupo ou página só seu, e convide seus amigos. Totalmente grátis e fácil com rápido acesso
  • Jornalismo livre