Dallagnol: STF solta corruptos poderosos e torna o povo desesperançoso



Dallagnol: STF solta corruptos poderosos e torna o povo desesperançoso




Deltan Dallagnol, membro do Ministério Público Federal e coordenador da força-tarefa da Operação Lava Jato, criticou a atuação do STF em palestra feita no evento “Mão Limpas e Lava Jato”, realizado pelo Centro de Debate de Políticas Públicas e pelo jornal “O Estado de S. Paulo”.

leia agora; 

A confiança de lula " indicados pela dupla Lula e Dilma vão comandar o Supremo até outubro de 2027"



Para o procurador,
Dinheiro continua circulando em malas anos depois do início da Lava-Jato. Regras são gestadas no Congresso Nacional para beneficiar políticos. Ministros do Supremo soltam e ressoltam corruptos poderosos. Regras estão sendo gestadas no Supremo Tribunal Federal que implicarão enormes retrocessos na luta contra a corrupção.
De tal modo, para Dallagnol, a tendência de o STF rever entendimentos - favorecendo réus da Operação Lava Jato – contribui para “o desânimo da população em relação à luta contra a corrupção”.


O evento contou também com a presença de dois procuradores italianos que atuaram na Operação Mãos Limpas, cujo procedimento inspirou a Lava Jato, especificamente quanto à utilização de prisões preventivas, colaboração premiada e publicização dos atos processuais.
Tal operação, marco na luta contra a corrupção na Itália, perdeu força, todavia, por dois fatores: a) o legislativo italiano aprovou leis que enfraqueceram o combate à corrupção no país; b) as investigações chegaram às pessoas comuns, punindo as “pequenas corrupções” de modo a perder o apoio do povo.
A interferência do Poder Legislativo a fim de - por meio da aprovação de leis - enfraquecer a Operação Leva Jato é fator de constante preocupação do Ministério Público Federal. conteúdo; ebradi.jusbrasil


Qual sua opinião a respeito?



Post a Comment

todos os comentários é de inteira responsabilidade do leitor

Postagem Anterior Próxima Postagem