Uma página a serviço do Brasil:

INACREDITÁVEL! STF veta condução coercitiva do artista da performance do MAM "feito pelo senador Magno Malta"

STF veta condução coercitiva do artista da performance do MAM "feito pelo senador Magno Malta"



POLÍTICA


O performer Wagner Schwartz não precisará mais ser levado com o uso de força policial para depor na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) dos Maus-Tratos. O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), barrou nesta terça-feira o pedido de condução coercitiva do artista, protagonista da famigerada performance do MAM, feito pelo senador Magno Malta, presidente da CPI que investiga irregularidades e crimes relacionados a maus tratos em crianças e adolescentes. A decisão de Moraes, no entanto, mantém a convocação para que o artista compareça a sessão ainda a ser designada pela comissão. Schwartz terá o direito de ir acompanhado de um advogado e de permanecer calado.
O coreógrafo se apresentou em uma sessão fechada para convidados, na abertura do 35º Panorama de Arte Brasileira, realizada no Museu de Arte Moderna de São Paulo (MAM-SP). Na performance La Bête, o artista fluminense emula um Bicho, de Lygia Clark, se deita nu sobre um tablado e convida o público a manipular seu corpo, como se faz com as obras da artista mineira. A apresentação se tornou alvo de polêmicas após ser divulgado vídeo de uma criança tocando o artista no pé e na mão. créditos; veja


Compartilhe e alcance mais pessoas:

Seguir no twitter;



Deixe sua opinião, é muito importante:


Uma página de Direita, tudo sobre Moro e Bolsonaro. Diga não ao PT, curta essa página e fique por dentro de tudo:


Pátria amada Brasil até morrer!
Grupo Público · 3.214 membros
Participar do grupo
Temos total liberdade de apoiarmos a direita encabeçada por Jair Bolsonaro e depois Sergio Moro. junte-se a nós.









Notícias Relacionadas

  • Volte para capa e leia mais >>>>> Leia mais...

  • .Direto da Fonte, com Rosinaldo Pereira

    . Denúncia Política. -O lado oculto da política

    Em breve, podcasts de Jornal 21, click aqui e ouça :