EXCLUSIVO; Gilmar Mendes do STF indícios de ilegalidades no negócio de R$ 7,7 milhões




indícios de ilegalidades no negócio de R$ 7,7 milhões



Enquanto a revista Veja noticia que o instituto do ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal, recebeu R$ 2,1 milhões em patrocínios da JBS, a capa da revista IstoÉ aponta uma "suspeita transição de Gilmar Mendes", numa reportagem em que a revista disse ter "acesso ao inquérito que investiga a venda irregular de uma universidade que pertenceu ao ministro do STF para o governo do Mato Grosso"; segundo a IstoÉ, "o Ministério Público vê indícios de ilegalidades no negócio de R$ 7,7 milhões e está para formular a denúncia"

Alvo de denúncias das revistas Veja, da Editora Abril, e IstoÉ, da Editora Três, neste fim de semana, o ministro do Supremo Tribunal Federal Gilmar Mendes virou a bola da vez.


A Veja noticia que o Instituto Brasiliense de Direito Público (IDP), de propriedade de Gilmar, recebeu R$ 2,1 milhões em patrocínios do empresário Joesley Batista, da JBS.





Já a IstoÉ aponta uma "suspeita transição de Gilmar Mendes", numa reportagem em que a revista disse ter "acesso ao inquérito que investiga a venda irregular de uma universidade que pertenceu ao ministro do STF para o governo do Mato Grosso".

Segundo a IstoÉ, "o Ministério Público vê indícios de ilegalidades no negócio de R$ 7,7 milhões e está para formular a denúncia"






BOMBA! JBS fez depósitos de 2 milhões na conta de Gilmar Mendes

JBS fez depósitos de 2 milhões na conta de Gilmar Mendes.........LEIA MAIS




Compartilhe e alcance mais pessoas:

Seguir no twitter;



"A CORRUPÇÃO MATA NA FILA DO HOSPITAL"





Pátria amada Brasil até morrer!
Grupo Público · 50.197 membros
Participar do grupo
Temos total liberdade de apoiarmos a direita encabeçada por Jair Bolsonaro e depois Sergio Moro. junte-se a nós.


As mais lidas do dia..