Jesus








Antes leia, o destaque!

Postagem em destaque

grevistas que passam fome por lula já usam cadeira de rodas, mas esquecem que ainda faltam 11 anos de cadeia

grevistas que passam fome por lula já usam cadeira de rodas e podem pegar infecção A Greve de Fome que não é por Justiça e sim pela...

URGENTE; Empresario Testemunha da Lava Jato é morto a tiros


Por; Rosinaldo Pereira /colunista

quinta-feira, 18 de janeiro de 2018



Testemunha da Lava Jato é morta a tiros 


José Roberto Soares Vieira ajudou a força-tarefa a rastrear pagamentos ao ex-gerente da Transpetro José Antonio de Jesus, alvo da 47ª fase da operação


O empresário José Roberto Soares Vieira, 47 anos, que ajudou a força-tarefa da Lava Jato a rastrear pagamentos ao principal alvo da 47ª fase da operação, o ex-gerente da Transpetro José Antonio de Jesus, foi assassinado na quarta-feira, 17, na cidade de Candeias, litoral da Bahia. Ex-vice-prefeito de Ourolândia (BA), eleito pelo PT em 2012, ele foi morto a tiros por um homem em uma motocicleta quando chegava à sua empresa. Ninguém foi preso.



De acordo com Veja, no dia 21 de novembro de 2017, data da Operação Sothis, Vieira, que foi alvo de buscas e apreensões, prestou depoimento à Polícia Federal e afirmou que seu ex-sócio e agente público recebia pagamentos de empresas contratadas por subsidiárias da Petrobras sem ter prestado qualquer serviço. O Ministério Público Federal chegou a pedir sua prisão temporária, indeferida pelo juiz Sergio Moro ao deflagrar a operação. Ele chegou a ter seus bens bloqueados.



O ex-gerente da subsidiária da Petrobras foi preso no dia 21. O MPF suspeita que Jesus, seus familiares e intermediários operacionalizaram o recebimento de R$ 7 milhões de propinas pagas pela empresa NM Engenharia, entre setembro de 2009 e março de 2014.
Ex-sócio do ex-Transpetro na JRA Transportes, Vieira ainda disse que a empresa fazia transferências para os parentes do ex-gerente e que era usada para bancar despesas pessoais de Jesus. Com base em seu depoimento, o MPF rastreou pagamentos de R$ 2,3 milhões supostamente em benefício do ex-gerente da Transpetro e pediu a conversão da prisão temporária – por cinco dias prorrogáveis – em preventiva, por tempo indeterminado.






Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

Últimas atualizações



VOCÊ VIU?

As mais lidas da semana

Bombando no Google



 
JORNAL 21 BRASIL.
jornal do brasil, jornal 21, notícias de Bolsonaro, política do brasil, Jornalismo livre, a tragetoria de Sergio Moro, notícias do brasil, notícias de Sergio Moro, notícias de lula, lula preso, lula na cadeia, operação lava-jato




  • ""CONHEÇA ""SOCIAL VIVA VIDA"" a mais nova Rede social da família""

  • ""JORNALISMO LIVRE""



  • ""O SEU JORNAL DIGITAL 24 HORAS POR DIA, 7 DIAS POR SEMANA. ""