DEP Pimenta, Um chefe de quadrilha não tem autoridade moral para chefiar um País, só esqueceu do condenado lula

Por; Rosinaldo Pereira /colunista

DEP Pimenta, Um chefe de quadrilha não tem autoridade moral para chefiar um País, só esqueceu do condenado lula



Em seu perfil no Twitter, o deputado federal Paulo Pimenta (PT-RS) criticou a intervenção federal no Rio de Janeiro e pediu a renúncia de Michel Temer. 
Temer deveria renunciar imediatamente, permitir que as eleições fossem antecipadas e repactuar o Brasil com eleições gerais", escreveu o parlamentar na rede social.

No entanto o deputado só esqueceu do condenado Lula. O ex-presidente foi condenado em primeira instancia na lava-jato, e confirmada sua condenação pelo TRF-4 com aumento de pena.




O líder petista deveria saber que o ex presidente, hoje um condenado pela justiça brasileira, não tem nenhum condições e nem tampouco autoridade para governar um país, que por sinal vive um momento muito triste em sua historia, ver um ex presidente condenado por corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

O parlamentar também já atacou o juiz federal Sergio Moro responsável pelos processos da maior operação já realizada em território nacional, a lava-jato. 
No plenário da Câmara (segunda-feira 27/11), o deputado Paulo Pimenta (PT-RS) criticou a postura do juiz da Lava Jato, que, em evento promovido pela revista Veja, disse não estar arrependido de ter divulgado os áudios de Dilma Rousseff e do ex-presidente Lula.



O deputado falou só a verdade "Um chefe de quadrilha não tem autoridade moral para chefiar um País" este é o caso de lula.







Continue lendo....