Jesus








Antes leia, o destaque!

Jair Bolsonaro; “Queremos resgatar os valores perdidos há muito e retirar o Brasil da lama de violência"

Bolsonaro presente e futuro De Jair Bolsonaro , no Twitter: “Enquanto insistem em falácias, rótulos e na fixação pela palavra ...

URGENTE; SEGOVIA PODE SER AFASTADO DO CARGO


Por; Rosinaldo Pereira /colunista

quarta-feira, 14 de fevereiro de 2018



SEGOVIA PODE SER AFASTADO DO CARGO



 O senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), que faz oposição ao governo federal, avalia entrar com uma ação popular na Justiça Federal de Brasília para pedir o afastamento do delegado do cargo


As declarações do diretor-geral da Polícia Federal (PF), Fernando Segovia — apontando a falta de indícios que incriminem Michel Temer em inquérito aberto para investigar irregularidades no decreto dos portos —, continuam a gerar reações dentro e fora da própria corporação. Na avaliação do presidente da Associação Nacional dos Delegados de Polícia Federal (APDF), Edvandir Felix de Paiva, Segovia pode ter violado o código de ética da PF. Em paralelo, o senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), que faz oposição ao governo federal, avalia entrar com uma ação popular na Justiça Federal de Brasília para pedir o afastamento do delegado do cargo.


O código de ética da PF é de 2015 e veda algumas condutas dos integrantes da instituição. Um policial federal, por exemplo, é proibido de “utilizar-se de informações privilegiadas, de que tenha conhecimento em decorrência do cargo, função ou emprego que exerça, para influenciar decisões que possam vir a favorecer interesses próprios ou de terceiros”.



Um policial também não pode “comentar com terceiros assuntos internos que envolvam informações sigilosas ou que possam vir a antecipar decisão ou ação do Departamento de Polícia Federal ou, ainda, comportamento do mercado”. É proibido ainda de “expor, publicamente, opinião sobre a honorabilidade e o desempenho funcional de outro agente público” e de “conceder entrevista à imprensa, em desacordo com os normativos internos”.
Em entrevista à agência de notícias Reuters, Segovia disse que até o momento não há indício de crime e afirmou que o delegado Cleyber Malta Lopes, à frente do inquérito, poderia até ser punido pela forma como fez 50 perguntas ao presidente, caso a defesa de Temer formalize uma reclamação.



As informações são de reportagem de André de Souza em O Globo.

Atualizado;

Comissão de Ética vai analisar caso de Segovia

A Comissão de Ética Pública da Presidência vai analisar o caso de Fernando Segovia na próxima segunda (19), quando tem uma reunião agendada, informa o Estadão.
Segundo o presidente da comissão, Mauro Menezes, como o diretor-geral da PF –que sinalizou o arquivamento de inquérito sobre Michel Temer– é uma “alta autoridade” do governo, sua conduta pode ser alvo de investigação.




Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

Últimas atualizações

VOCÊ VIU?

As mais lidas da semana

Bombando no Google



 
JORNAL 21 BRASIL.
jornal do brasil, jornal 21, notícias de Bolsonaro, política do brasil, Jornalismo livre, a tragetoria de Sergio Moro, notícias do brasil, notícias de Sergio Moro, notícias de lula, lula preso, lula na cadeia, operação lava-jato




  • ""CONHEÇA ""SOCIAL VIVA VIDA"" a mais nova Rede social da família""

  • ""JORNALISMO LIVRE""



  • ""O SEU JORNAL DIGITAL 24 HORAS POR DIA, 7 DIAS POR SEMANA. ""