Lava-jato, uma megaoperação que pode ser destruída pela justiça

Por; Rosinaldo Pereira /colunista

 Lava-jato, uma megaoperação que pode ser destruída pela justiça



A força-tarefa da Lava Jato se reuniu ontem logo após a decisão da segunda turma do STF, para avaliar o impacto sobre os processos do Instituto Lula e do sítio de Atibaia.



Segundo o antagonista, "na mesma sessão que retirou as delações da Odebrecht contra Lula, Ricardo Lewandowski, Gilmar Mendes e Dias Toffoli decidiram tirar de Sergio Moro os relatos dos executivos da empreiteira sobre os crimes na Refina Abreu e Lima, em Pernambuco.
Os termos da delação serão enviados a uma vara criminal de Recife". Isso já estava previsto quando Gilmar Mendes entrevistado pela Veja, disse que, a segunda turma poderia tirar lula da cadeia. Então se formos avaliar o grande trabalha da lava-jato, isso seria a mesma coisa de acabar com a operação, tudo foi em vão, o crime venceu.


Diante deste quadro escuro e tenebroso, onde quem poderia enfrentar os criminosos (lavador de dinheiro, corruptos) e outros crimes, se entregam a eles eliminando todo e qualquer trabalho de um juiz de primeira instancia.
A única saída para o nosso país ver a justiça ser feita de verdade, é um suposto delator, delatar alguns ministros do STF. Neste caso os ministros sendo delatados, eles (os delatados) seriam expulsos ou afastados imediatamente dos cargos que ocupam. Mas, quando isso pode acontecer?....



Continue lendo....