URGENTE!! Delegado que opinou a prisão do condenado lula, e uma futura prisão de Aécio e Temer, pode ser investigado

Por; Rosinaldo Pereira /colunista


Delegado que opinou a prisão do condenado lula, e uma futura prisão de Aécio e Temer, pode ser investigado




O delegado da Polícia Federal Milton Fornazari Jr. elogiou, em uma publicação no Facebook, a prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no último sábado (7). Até aí, tudo bem.









O erro do policial foi não ter limitado o seu discurso à análise da detenção do líder petista. Fornazari sugeriu que já passou da hora de prender Aécio Neves, Michel Temer e Geraldo Alckmin. Com isso, pisou no calo de muita gente, inclusive da própria PF, e passou a ser investigado.

“É hora de serem investigados, processados e presos os outros líderes de viés ideológico diverso, que se beneficiam dos mesmos esquema ilícitos que sempre existiram no Brasil (Temer, Alckmin, Aécio, etc)”, disse Fornazari.




Cobrada, Polícia Federal apressou-se para afirmar que “medidas administrativo-disciplinares” serão tomadas em relação ao caso. A PF não especificou quais punições o delegado está sujeito. Por outro lado, a FAB ainda não anunciou se investigará o áudio que sugere a morte de Lula em voo oficial.

Milton Fornazari Jr. coordenou, entre 2015 e 2016, a delegacia de Combate à Corrupção e Crimes Financeiros da superintendência da PF em São Paulo.



Depois da repercussão de seu post, o delegado afirmou que o comentário foi externado como “opinião exclusivamente pessoal como cidadão em relação à minha indignação com a corrupção na política brasileira em geral”.

Fornazari participou de investigações iniciais de corrupção e lavagem de dinheiro envolvendo doleiros que deram força à criação da força-tarefa da Lava Jato, que investigou escândalos de corrupção e desvio de recursos públicos na Petrobras. Ele atua também na área de cooperação jurídica internacional. via, imprensa viva






Deixe seu comentário

Continue lendo....