Uma página a serviço do Brasil:

No contra pé, caminhoneiros vão à um quartel pedir Intervenção Militar

“Não somos bandidos e não estamos fazendo nada de errado. Por isso não tememos a força nacional"

Já circula em rede social, face book, um vídeo em que caminhoneiros pedem a Intervenção Militar


O presidente Michel Temer, já ordenou o uso da força militar para liberação das rodovias que supostamente encontram bloqueadas. No entanto os caminhoneiros que não são criminosos, mas trabalhadores e lutam pelos seus direitos, tiveram a coragem de ir à um quartel do exército pedir a Intervenção Militar.




De acordo com o vídeo, um dos caminhoneiros diz que não aguenta mais, tanta roubalheira.




Segundo a revista Veja, os representantes dos sindicatos de caminhoneiros disseram que não temem as forças de segurança. Nesta sexta-feira, 25, o presidente Michel Temer resolveu endurecer no tratamento com os caminhoneiros que não aceitaram o acordo negociado na véspera. O acordo previa uma trégua de 15 dias na greve iniciada segunda-feira.




“Não somos bandidos e não estamos fazendo nada de errado. Por isso não tememos a força nacional. Pelo contrário, eles até nos darão segurança”, ironiza o diretor do Sindicato dos Caminhoneiros Autônomos de Ourinhos (SP), Ariovaldo Almeida Jr.
VEJA O VÍDEO



Compartilhe e alcance mais pessoas:

Seguir no twitter;



Deixe sua opinião, é muito importante:


Uma página de Direita, tudo sobre Moro e Bolsonaro. Diga não ao PT, curta essa página e fique por dentro de tudo:


Pátria amada Brasil até morrer!
Grupo Público · 3.214 membros
Participar do grupo
Temos total liberdade de apoiarmos a direita encabeçada por Jair Bolsonaro e depois Sergio Moro. junte-se a nós.









Notícias Relacionadas

  • Volte para capa e leia mais >>>>> Leia mais...

  • .Direto da Fonte, com Rosinaldo Pereira

    . Denúncia Política. -O lado oculto da política

    Em breve, podcasts de Jornal 21, click aqui e ouça :