MATÉRIA EM DESTAQUE!

Intercept, repassou mensagens roubadas de procuradores no interrogatório de Lula e, falsamente, atribuiu o fato a Sergio Moro

"Intercept, repassou  mensagens roubadas de procuradores no interrogatório de Lula e, falsamente, atribuiu o fato a Sergio...

URGENTE; Querem suspender o andamento da ação penal do sítio de Atibaia em Curitiba

(Sem Deus não há vida, sem família não há base para nada...)



Por; Rosinaldo Pereira



Querem suspender o andamento da ação penal do sítio de Atibaia em Curitiba



Advogados pedem liminar para suspender o andamento da ação penal do sítio de Atibaia em Curitiba até o julgamento de mérito da reclamação





Preso e condenado na operação lava-jato, o ex-presidente tenta suspender o andamento da ação penal do sítio de Atibaia em Curitiba. 
Segundo informações do site brasil247 que sempre defendeu o lavador de dinheiro, a  defesa de Lula decidiu contestar, nesta segunda-feira 30, no Supremo Tribunal Federal, decisão do juiz federal Sérgio Moro, que manteve em Curitiba o processo do sítio da Atibaia. A informação é da assessoria de imprensa do escritório de advocacia contratado pelo petista.



Advogados pedem liminar para suspender o andamento da ação penal do sítio de Atibaia em Curitiba até o julgamento de mérito da reclamação. A defesa também solicita que os autos dessa ação sejam encaminhados à Justiça Federal de São Paulo e se declare a nulidade de todos os atos praticados por Moro no processo em questão.


Diante da situação o juiz federal Sérgio Moro afirma que a decisão da Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) de retirar as delações da Odebrecht no processo do sítio de Atibaia, contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva – preso e condenado – não traz “ordem expressa” para que os autos sejam enviados para São Paulo.


Seguir no twitter;

Continue lendo e deixe seu comentário....


-A esquerda quer nos calar! não deixe que isso aconteça, curta nossa página...


Deixe seu comentário aqui!


  • APÓS COMENTAR, VOLTE PARA CAPA
  • Compartilhe Agora