Defesa de lula tenta desmoralizar o TSE, e quer registrar a candidatura do condenado dia 15 no STF

Por; Rosinaldo Pereira /colunista

Defesa de lula tenta desmoralizar o TSE, e quer registrar a candidatura do condenado dia 15 no STF


Recurso apresentado pelos advogados do ex-presidente deixou com Fachin a decisão sobre inelegibilidade nas eleições 2018; PT quer registrar o petista no TSE no dia 15 de agosto





A ofensiva da defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) no Supremo Tribunal Federal pode antecipar a discussão jurídica sobre se o petista está habilitado a concorrer à Presidência da República nas eleições 2018, em função de sua condenação e consequente enquadramento na Lei da Ficha Limpa






Em recurso apresentado ao STF nesta quinta-feira, 28, a defesa do petista – preso e condenado na Lava Jato – busca evitar que o tema seja discutido no plenário da Corte, onde Lula tem mais chances de derrota do que na Segunda Turma, de acordo com ministros e auxiliares ouvidos pelo Estado.
Se o presidiário condenado por corrupção passiva e lavagem de dinheiro em um colegiado (TRF-4), registrar uma eventual candidatura a cargo público, o TSE será desmoralizado por um criminoso.



Continue lendo....