URGENTE; CPI contra a lava-jato pode ser instalada a qualquer momento "vejam os nomes dos deputados"

Por; Rosinaldo Pereira /colunista

CPI contra a lava-jato pode ser instalada a qualquer momento



O texto do requerimento de instalação da CPI para atacar a Lava Jato é vergonhoso. E precisa ser tão escancarado como os autores dele.
Em tese, o objetivo da comissão seria “investigar as denúncias de irregularidades feitas contra Antônio Figueiredo Basto e outros, inclusive envolvendo escritórios de advocacia, ocorridas no âmbito de alguns processos de delação”.



O texto continua:
“O objeto da CPI deverá estender-se, por conexão, para ocorrência de irregularidades em sede de outras investigações, que estejam em desacordo com o quanto firmado na legislação de referência e na defesa do sistema de proteção de direitos e garantias insculpidas na Constituição Federal, por ser do interesse da sociedade o resultado válido, legítimo e eficaz da aplicação das normas e da conduta dos agentes públicos.”



E mais:
Segundo o antagonista, “É necessário investigar a possibilidade de manipulação das colaborações premiadas, o que indica fraude nos procedimentos e a possibilidade do envolvimento de agentes públicos. Esse é o objeto determinado.”
O nome do foragido Rodrigo Tacla Durán aparece duas vezes no documento de seis páginas — confira AQUI a íntegra.
A turma anti-Lava Jato já conseguiu o número de assinaturas suficientes na Câmara para instalar a CPI destinada a atacar a maior operação contra a corrupção no Brasil.



É preciso escancarar quem são os autores do requerimento:
Paulo Pimenta – PT/RS
Baleia Rossi – MDB/SP
Arthur Lira – PP/AL
Júlio Delgado – PSB/MG
André Figueiredo – PDT/CE
Orlando Silva – PCdoB/SP
Chico Alencar – PSOL/RJ
Weverton Rocha – PDT/MA
José Guimarães – PT/CE
Afonso Florence – PT/BA
Carlos Zarattini – PT/SP
Hildo Rocha – MDB/MA
Chico D’Angelo – PDT/RJ
José Rocha – PR/BA
Beto Mansur – MDB/SP

      





-
ATUALIZADO; 19;19 hrs
Evair Vieira de Melo, do PP do Espírito Santo, é mais um a dizer a O Antagonista que assinou o requerimento da criação da CPI do Paulo Pimenta contra a Lava Jato “por equívoco”.
“A assinatura foi dada por equívoco, junto com 
outros documentos que estavam coletando assinaturas. Já oficializei para retirarem meu nome.”

Alceu Moreira, do MDB do Rio Grande do Sul, disse a O Antagonista que vai pedir a retirada do seu nome da lista de deputados que assinaram o requerimento de instalação da CPI de Paulo Pimenta para atacar a Lava Jato.
A assessoria do parlamentar enviou a seguinte nota:
“O deputado Alceu Moreira assinou a CPI no intuito de se tratar do tema proposto na ementa: ‘a finalidade de investigar as denúncias de irregularidades feitas contra Antônio Figueiredo Basto e outros, inclusive envolvendo escritórios de advocacia, ocorridas no âmbito de alguns processos de delação’. Tendo em vista os pontos obscuros em seu conteúdo, vai solicitar a retirada do seu nome.”
LEIA AQUI; Marcelo Delaroli anuncia retirada de assinatura de CPI da lava-jato





Continue lendo....