Neste site tem: "Black Friday"







Empresário Sebastião Bomfim, dono das lojas Centauro decidiu apoiar Bolsonaro (Eu nunca vi isso, candidato não pedir dinheiro)

Em: __Por: Rosinaldo Pereira

__ 8/12/2018




Empresário Sebastião Bomfim, dono das lojas Centauro decidiu apoiar Bolsonaro (Eu nunca vi isso, candidato não pedir dinheiro)




Empresário Sebastião Bomfim, dono das lojas Centauro decidiu apoiar Bolsonaro (Eu nunca vi isso, candidato não pedir dinheiro)



O presidenciável Jair Messias Bolsonaro se reuniu com vários empresários do Brasil, Flávio Rocha, dono da Riachuelo e Sebastião Bomfim, das lojas Centauro, e outros.
“Eu estava em dúvida entre Alvaro Dias e o Bolsonaro. Agora tenho certeza que sou Bolsonaro”, disse Bomfim.



A maioria dos empresários presentes não permitiu que seu nome fosse divulgado. Segundo o jornal, no encontro havia presidente de empresa aérea, dono de uma das maiores tecelagens do país, controlador de rede de serviços estéticos, atacadistas, varejistas.



“O que mais impressionou foi quando perguntamos como poderíamos ajudar com a campanha”, relatou Bomfim. “Ele [Bolsonaro] disse: Não quero doação, se vocês puderem gastar sola de sapato para divulgar meu nome, ótimo. Eu nunca vi isso, candidato não pedir dinheiro.”





Se você não divulgar, a Globo não divulga: Compartilhe em "grupos" e alcance mais pessoas:


Seguir; Aliança pelo Brasil

Seguir no twitter;




"NÃO DEIXE A VOZ DA DIREITA SILENCIAR" O jornalismo em que você confia depende de você. Colabore com o JORNAL 21 BRASIL, uma Imprensa livre e sem dinheiro público, doando qualquer valor. Acesse:




Uma página 100% de DIREITA. Você pode e tem voz.



"Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem"





ALIANÇA PELO BRASIL: "Este é um momento histórico, onde a maioria silenciosa finalmente terá voz". Ajude o presidente, curta a Página


Pátria amada Brasil até morrer!
Grupo Público · 50.197 membros
Participar do grupo
Temos total liberdade de apoiarmos a direita encabeçada por Jair Bolsonaro e depois Sergio Moro. junte-se a nós.

Destaque do dia..

PRISÃO EM SEGUNDA INSTÂNCIA PASSA NA CCJ DA CÂMARA

A CCJ da Câmara acaba de aprovar, por 50 votos a 12, relatório favorável à proposta que permite a prisão após condenação em segunda inst...

As mais lidas do dia