EM DESTAQUE

Juiz absolve Adélio de tentativa de homicídio a Bolsonaro

O juiz federal Bruno Savino absolveu Adélio Bispo de Oliveira, em razão de ele ter sido considerado inimputável, informa Mateus Coutinho...

Autor do crime; A pensão já estava paga, 300 reais em dinheiro, quatro celulares e o notebook, muito estranho para alguém que estava desempregado

(Sem Deus não há vida, sem família não há base para nada...)



Por; Rosinaldo Pereira



A pensão já estava paga, 300 reais em dinheiro, quatro celulares e o notebook, muito estranho para alguém que estava desempregado



Pensão já estava paga, 300 reais em dinheiro, quatro celulares e o notebook, muito estranho para alguém que estava desempregado registra o antagonista.


Em depoimento à PF, Adélio Bispo de Oliveira admitiu motivação política e religiosa no atentado ao deputado Jair Bolsonaro. Por esse motivo, ele foi enquadrado na Lei de Segurança Nacional – como registramos mais cedo.
Fernando Franceschini, que acompanha as investigações, reiterou que a Polícia apreendeu quatro celulares (dois estavam com Adélio e outros dois na pensão em que estava hospedado).
“A pensão já estava paga. 300 reais em dinheiro. Mais os quatro celulares e o notebook. Muito estranho para alguém que estava desempregado.”

Segundo ele, há indícios de que Adélio acompanhou Bolsonaro em eventos políticos nos últimos dois meses, inclusive no Rio.
A PF agora vai pedir a quebra dos sigilos telefônico e bancário do criminoso.

Seguir no twitter;

Continue lendo e deixe seu comentário....


-A esquerda quer nos calar! não deixe que isso aconteça, curta nossa página...


Deixe seu comentário aqui!


  • APÓS COMENTAR, VOLTE PARA CAPA
  • Compartilhe Agora