Não foi eleitor de Bolsonaro; jovem marcada com suástica será indiciada por falso testemunho

.

jovem marcada com suástica será indiciada por falso testemunho




Uma jovem que supostamente teria sido atacada e lesionada com cortes em forma de suástica será indiciada por falso testemunho, registra o estadão.

A Polícia Civil do Rio Grande do Sul concluiu que os cortes em forma de suástica feitos em uma jovem que disse ter sido atacada na rua, há duas semanas, em Porto Alegre, é um caso de “autolesão”. Segundo o delegado Paulo Sérgio Jardim, há indícios de automutilação ou de que tenham sido feitos de forma consentida. A jovem será indiciada por falso testemunho.

O laudo técnico da Polícia Civil conclui que “pode se afirmar com convicção que as lesões produzidas na vítima não são compatíveis com as que seriam esperadas, na hipótese de ter havido efetiva resistência da parte dela à ação de um agente agressor”.





De acordo com o documento, nº 155470/2018, durante o exame de corpo de delito feito na jovem, não foram encontradas "lesões na face ou nas mãos e nos antebraços que sejam caracteríticas de autodefesa". O laudo afirma ainda que a inscrição foi feita de maneira "superficial", feitas em "regiões dp corpo facilmente acessíveis às mãos da própria vítima" e que "apresentam padrão de paralelismo e ortogonalidade que demandaram cuidado na produção".



"Para que a força empregada ao se produzirem as lesões não provocasse dano desmedido e acabasse atravessar integralmenete a pela, o que acabaria por provocar um corte, isto é, um ferimento inciso, é condição necessária que o agente produtor dessas lesões tenha tido bastante habilidade e cuidado ao executar os movimentos que originaram as inscrições relatadas, bem como que ele tenha tido tempo adequado para produzir as lesões e, idealmente, um ambiente propício", diz o laudo.


Direito de resposta
Na primeira propaganda eleitoral de Fernando Haddad no segundo turno, a apresentadora narrou que “nos últimos dias” multiplicaram-se os ataques “motivados pelo ódio de alguns seguidores do candidato Jair Bolsonaro”.




“Diversas mulheres passaram a ser agredidas nas ruas do país. Uma jovem de 19 anos afirmou ter sido arrastada por três seguidores de Bolsonaro e teve uma suástica nazista entalhada no seu corpo com um canivete.”

No PT, algumas lideranças ensaiaram ‘comemorar’ o Ibope de ontem, como registramos.


Mas já reconhecem que o discurso de Mano Brown e a notícia da “suástica fake” voltam a atrapalhar a tentativa de fazer Fernando Haddad avançar.


Compartilhe!:



Disqus Comments