Neste site tem: "Black Friday"







“Estão querendo jogar uma bomba no colo do próximo presidente”

Em: __Por: Rosinaldo Pereira

__ 11/07/2018




“Estão querendo jogar uma bomba no colo do próximo presidente”




“Estão querendo jogar uma bomba no colo do próximo presidente”





Cristovam Buarque se manifestou contra o aumento do salário dos ministros do Supremo. Ele alertou para o risco de se cometer uma “irresponsabilidade fiscal”.



“É por isso que perdemos a eleição. Estamos desconectados da realidade do povo. Ninguém quer essa indecência. Eu votei pelo impeachment de Dilma e o que estamos fazendo aqui é uma pedalada explícita.”

O senador, que não foi reeleito, disse que não votou em Jair Bolsonaro, mas sabe que o aumento provocará impacto negativo no orçamento do próximo governo.


“Vai ver estão querendo jogar uma bomba no colo do próximo presidente. Não votei em Bolsonaro, mas não esperem que eu prejudique o meu país. E ainda mais grave é votarmos isso secretamente.”



Se você não divulgar, a Globo não divulga: Compartilhe em "grupos" e alcance mais pessoas:

Seguir no twitter;



"Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem"


O jornalismo em que você confia depende de você. Colabore com a Imprensa livre sem dinheiro público, doando qualquer valor. Acesse:









Pátria amada Brasil até morrer!
Grupo Público · 50.197 membros
Participar do grupo
Temos total liberdade de apoiarmos a direita encabeçada por Jair Bolsonaro e depois Sergio Moro. junte-se a nós.

Destaque do dia..

STF demora 63 anos para julgar processo e até advogados já morreram

No dia 31 de maio de 2019, depois de 63 anos,  o STF julgou o caso de Paulo Roberto Menezes que pedia para ser reconhecido como fil...

As mais lidas do dia