destaque!

Veja-se na sua velhice aqui, Bolsonaro e companhia já aderiram a brincadeira

De políticos, como Flávio Bolsonaro, até celebridades, como Xuxa, milhares de pessoas se renderam à mais nova febre da internet: envelh...

Ministros em pânico "Delação de Sérgio Cabral inclui até juízes graúdos"

(Sem Deus não há vida, sem família não há base para nada...)



Por; Rosinaldo Pereira



"Delação de Sérgio Cabral inclui até juízes e membros do MP"


A delação de Orlando Diniz, ex-presidente da Fecomércio (RJ), precursora da Lava Toga, teria feito menção a atuação de pelo menos três ministros do Superior Tribunal de Justiça (STJ), o que estaria provocando verdadeiro pânico no tribunal.

O esquema delatado aponta a utilização de escritórios de advocacia na prática da lavagem de dinheiro.


Nesse caso, inclui-se a banca de Cristiano Zanin, defensor do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que abocanhou a bagatela de R$ 68 milhões.

Porém, uma outra delação poderá expandir enormemente o alcance da Lava Toga.



O advogado João Bernardo Kappen está assumindo a defesa do ex-governador Sérgio Cabral Filho com uma procuração com poderes para negociar a delação premiada.
Em sua delação, Cabral promete detalhar as ações realizadas na Copa do Mundo de 2014 e na compra de votos para que o Rio de Janeiro fosse sede dos Jogos Olímpicos de 2016.



Todavia, a promessa mais extravagante do ex-governador é a inclusão de membros do Judiciário e do Ministério Público, o que incluiria juízes do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro e ministros do STJ, além de ex-chefes do Ministério Público do estado.

Neste caso, juízes enrolados com Cabral devem estar em pânico. -Uma vergonha para o judiciário.

Seguir no twitter;

Continue lendo e deixe seu comentário....


-A esquerda quer nos calar! não deixe que isso aconteça, curta nossa página...


Deixe seu comentário aqui!


  • APÓS COMENTAR, VOLTE PARA CAPA
  • Compartilhe Agora