Centrais sindicais do país, vão começar um chamado a greve geral contra Bolsonaro






As Centrais sindicais do país, vão pra cima do presidente Jair Bolsonaro com um chamado a greve geral, registra o painel da Folha.


A primeira reunião das seis maiores centrais sindicais do país após a eleição de Jair Bolsonaro (PSL) vai começar com um chamado a greve geral. 



O presidente da Força, Miguel Torres, defende a articulação de uma grande paralisação, a ser iniciada assim que o governo apresentar sua proposta de reforma da Previdência, o que deve acontecer no início de fevereiro. 



Torres diz ver indícios de que as mudanças serão feitas de forma a poupar determinadas categorias, em especial os militares.



Compartilhe e alcance mais pessoas:

Seguir no twitter;



"A CORRUPÇÃO MATA NA FILA DO HOSPITAL"





Pátria amada Brasil até morrer!
Grupo Público · 50.197 membros
Participar do grupo
Temos total liberdade de apoiarmos a direita encabeçada por Jair Bolsonaro e depois Sergio Moro. junte-se a nós.

Destaque do dia..

Celso de Mello “sinaliza” que vai anular processo de Lula condenado pelo ex-juiz Sérgio Moro

Nos bastidores, a possibilidade de se alinhar a Gilmar e a Ricardo Lewandowski a favor do pedido do petista para derrubar a condenação ...


As mais lidas do dia..