Glenn Greenwald, o marido do suplente de Jean Wyllys, inicia ataques contra Bolsonaro e se dá mal (Veja o Vídeo)






O escritor, advogado e jornalista americano Glenn Greenwald há muito tempo transformou-se num grande parceiro do Partido do Trabalhadores (PT), tendo sido o precursor na mídia internacional da esdrúxula tese de que o impeachment de Dilma Rousseff teria sido um “Golpe”, uma trama das elites políticas brasileiras com auxílio da mídia corporativa para tomar o poder.


Hoje sabemos que a posição adotada por Greenwald tem ligação direta com suas relações afetivas, daí ser isenta de credibilidade.

O jornalista americano vive uma relação conjugal com David Miranda, justamente o suplente que irá assumir a vaga do deputado reeleito Jean Wyllys.


Suspeita-se que Greenwald esteja por trás dessa trama para afastar Jean Wyllys do Brasil, dando oportunidade para que David Miranda assuma o mandato e utilizando a figura de Jean para criar um grande espetáculo de vitimismo internacional, com o objetivo de atingir frontalmente o presidente Jair Bolsonaro.



De fato, esse trabalho sórdido e rasteiro teve início este final de semana, com a gravação de um vídeo onde o americano cria uma versão absurda e mentirosa para esse início do atual governo.
“Um escândalo dramático, multinível e cada vez mais sombrio vem engolfando a Presidência de Jair Bolsonaro no último mês. Começou algumas semanas após sua vitória impressionante de novembro e paralisou completamente o seu governo”, diz Greenwald para na sequência iniciar uma série de ataques, que culminam com a “fuga” de Jean Wyllys do Brasil, como se estivesse ameaçado pela família Bolsonaro."


As infâmias lançadas por Greenwald receberam o imediato repúdio do povo brasileiro. Uma avalanche de ‘deslikes’ tomou conta do vídeo e uma série de comentários de internautas contestando a história criada pelo pilantra americano.

Veja o vídeo e na sequência alguns comentários postados no YouTube, denunciando a canalhice:











Compartilhe e alcance mais pessoas:

Seguir no twitter;



"A CORRUPÇÃO MATA NA FILA DO HOSPITAL"





Pátria amada Brasil até morrer!
Grupo Público · 50.197 membros
Participar do grupo
Temos total liberdade de apoiarmos a direita encabeçada por Jair Bolsonaro e depois Sergio Moro. junte-se a nós.

Destaque do dia..

Celso de Mello “sinaliza” que vai anular processo de Lula condenado pelo ex-juiz Sérgio Moro

Nos bastidores, a possibilidade de se alinhar a Gilmar e a Ricardo Lewandowski a favor do pedido do petista para derrubar a condenação ...


As mais lidas do dia..