Plantonista do STF dá à Justiça Federal poder de barrar candidatura de Renan

Por; Rosinaldo Pereira /colunista


O ministro Luiz Fux remeteu à Justiça Federal de Brasília um pedido do MBL para impedir a candidatura de Renan Calheiros à presidência do Senado.



O MBL diz que o senador, alvo de 14 investigações, não tem idoneidade e reputação ilibada.

Atualizado; 19/56 -Deu Ré!  Fux recua e cancela a própria decisão de envio de ação contra Renan para 1ª instância

De plantão no STF, Fux considerou que não compete ao STF analisar o assunto, deixando Renan Calheiros sujeito a uma decisão de primeira instância.



Um eventual veto, no entanto, poderá ser revertido por meio de recursos.


Continue lendo....