Plantonista Luiz Fux (STF) que assume plantão do Supremo durante o recesso, pode derrubar decisão de Toffoli que manteve voto secreto no senado

Por; Rosinaldo Pereira /colunista


Kim Kataguiri preparou recurso ao STF para tentar modificar a decisão de Dias Toffoli que manteve o voto secreto na eleição para a presidência da Câmara, informa o Painel da Folha.



A peça será entregue ainda hoje, dia em que Luiz Fux assumiu o plantão do Supremo durante o recesso.

O regimento da Câmara prevê o voto secreto, e o presidente do STF entendeu que não cabia à corte intervir na votação de outro Poder.



O recurso do deputado eleito argumentará que “o princípio constitucional da publicidade dos atos administrativos deve ser aplicado a toda a administração pública”.

-Toffoli diz que não cabe ao (STF) intervir, mas, isso não é verdade. 
-Vale lembrar, que já anulou até julgamento do Senado, restabelecendo a elegibilidade e até o mandato de Demóstenes Torres. Há intromissão maior?


Continue lendo....