EM DESTAQUE

Juiz absolve Adélio de tentativa de homicídio a Bolsonaro

O juiz federal Bruno Savino absolveu Adélio Bispo de Oliveira, em razão de ele ter sido considerado inimputável, informa Mateus Coutinho...

Antes de cair, Boechat pula de helicóptero diz testemunha, veja

(Sem Deus não há vida, sem família não há base para nada...)



Por; Rosinaldo Pereira





A vendedora Leilaine Rafael da Silva, que estava numa moto com o marido no momento do acidente com o helicóptero de Ricardo Boechat, disse que viu o passageiro pulando da aeronave, que depois caiu sobre ele, informa o G1.



O helicóptero levava apenas o jornalista e o piloto Ronaldo Quattrucci, ambos mortos no acidente.

“Uma pessoa pulou do helicóptero. O piloto ficou dentro do helicóptero. A pessoa que caiu na pista. Era o que tinha pulado primeiro. Ele pulou na pista, caiu no chão e o helicóptero caiu em cima dele”, disse Leilaine, que prestou depoimento na polícia.



“Mas eu queria salvar ele. Porque o piloto não pulou, ficou dentro do helicóptero”, completou a vendedora, que ajudou a retirar o motorista de dentro do caminhão que se chocou com a aeronave.

-Em nota, a Agência Nacional de Aviação Civil informou que a empresa RQ Serviços Aéreos Especializados, do piloto Ronaldo Quattrucci – que também morreu no acidente – não estava autorizada a fazer o serviço de táxi aéreo.

De acordo com a Anac, a empresa estava habilitada a para prestar serviços aéreos especializados, que incluem fotografia, reportagem e filmagem.

“Qualquer outra atividade remunerada fora das mencionadas não poderia ser prestada. Tendo em vista essas informações, a Anac abriu procedimento administrativo para apurar o tipo de transporte que estava sendo realizado no momento do acidente”, diz a nota da agência.

Seguir no twitter;

Continue lendo e deixe seu comentário....


-A esquerda quer nos calar! não deixe que isso aconteça, curta nossa página...


Deixe seu comentário aqui!


  • APÓS COMENTAR, VOLTE PARA CAPA
  • Compartilhe Agora