Ministro do STF Gilmar Mendes, se declarar impedido de julgar caso João de Deus

Por; Rosinaldo Pereira /colunista


Depois de Gilmar Mendes se declarar impedido de atuar em processos que envolvam João de Deus, Luiz Fux deixou a relatoria de um pedido de soltura alegando motivo de foro íntimo, informa a Folha.



O médium está preso sob a acusação de abusar sexualmente de mulheres que frequentavam seu espaço em Goiás.

A defesa de João de Deus apresentou ao STF uma reclamação em dezembro e um pedido de HC neste mês. O processo inicialmente foi distribuído para Gilmar, que declarou impedimento. Hoje, Fux fez a mesma coisa.



Caberá ao presidente do Supremo redistribuir os processos. Nesta sexta, Celso de Mello assume interinamente a presidência durante o plantão de Carnaval, já que Dias Toffoli estará no exterior.


Continue lendo....