Uma página a serviço do Brasil:

Ministro do STF Gilmar Mendes, se declarar impedido de julgar caso João de Deus



Depois de Gilmar Mendes se declarar impedido de atuar em processos que envolvam João de Deus, Luiz Fux deixou a relatoria de um pedido de soltura alegando motivo de foro íntimo, informa a Folha.



O médium está preso sob a acusação de abusar sexualmente de mulheres que frequentavam seu espaço em Goiás.

A defesa de João de Deus apresentou ao STF uma reclamação em dezembro e um pedido de HC neste mês. O processo inicialmente foi distribuído para Gilmar, que declarou impedimento. Hoje, Fux fez a mesma coisa.



Caberá ao presidente do Supremo redistribuir os processos. Nesta sexta, Celso de Mello assume interinamente a presidência durante o plantão de Carnaval, já que Dias Toffoli estará no exterior.



Compartilhe e alcance mais pessoas:

Seguir no twitter;



Deixe sua opinião, é muito importante:


Uma página de Direita, tudo sobre Moro e Bolsonaro. Diga não ao PT, curta essa página e fique por dentro de tudo:


Pátria amada Brasil até morrer!
Grupo Público · 3.214 membros
Participar do grupo
Temos total liberdade de apoiarmos a direita encabeçada por Jair Bolsonaro e depois Sergio Moro. junte-se a nós.









Notícias Relacionadas

  • Volte para capa e leia mais >>>>> Leia mais...

  • .Direto da Fonte, com Rosinaldo Pereira

    . Denúncia Política. -O lado oculto da política

    Em breve, podcasts de Jornal 21, click aqui e ouça :