Neste site tem: "Black Friday"







GOLPE! Secretaria-Geral do Senado edita ato que impede rival de Renan de presidir sessão

Em: __Por: Rosinaldo Pereira

__ 2/01/2019




GOLPE! Secretaria-Geral do Senado edita ato que impede rival de Renan de presidir sessão






Secretaria-Geral do Senado edita ato que impede rival de Renan de presidir sessão, isso só favorece ainda mais o emedebista



Deu no Painel da Folha.

A Secretaria-Geral da Mesa Diretora do Senado publicou na manhã desta sexta (1) ato em que regulamenta o rito da eleição na Casa. A tese que prevaleceu no documento acata uma interpretacao do regimento que delega a condução da disputa a José Maranhão (MDB-PB).



A definição é importante porque há forte movimentação da oposição a Renan Calheiros (MDB-AL) para fazer com que Davi Alcolumbre (DEM-AP) possa comandar a sessão.

Alcolumbre é um dos candidatos anti-Renan e defende a adoção de voto aberto para a escolha do próximo presidente —hipótese que foi rejeitada pelo Supremo Tribunal Federal, mas que o grupo anti-Renan tenta reverter no plenário da Casa.



O democrata é suplente da última Mesa Diretora, mas o fato de ele querer concorrer e conduzir os trabalhos ao mesmo tempo causa polêmica.

Segundo o regimento, na impossibilidade de os membros  da Mesa conduzirem os trabalhos —quadro atual, já que todos os titulares estão deixando seus mandatos— o senador mais velho deve assumir a sessão. Este é Maranhão. 



A norma não diz que a convocação de suplentes da Mesa é válida para a sessão que elegerá o próximo comandante do Congresso, mas aliados de Alcolumbre advogam que, por ser o substituto de um dos integrantes titulares, ele poderia reivindicar a presidência da sessão. 

A forte ofensiva de Davi para comandar os trabalhos no Senado divide a Casa. Eunicio Oliveira (MDB-CE), hoje já ex-presidente do Senado, encerrou o mandato deixando a questão em aberto.



Foi nesse cenário que a Secretaria-Geral da Mesa Diretora editou o ato que determina a convocação do senador mais velho, José Maranhão.

Maranhao é do partido de Renan e tem 85 anos. O ato é assinado por Luiz Fernando Bandeira de Mello, secretário-geral da Casa nomeado por Eunicio.




Se você não divulgar, a Globo não divulga: Compartilhe em "grupos" e alcance mais pessoas:


Seguir; Aliança pelo Brasil

Seguir no twitter;




Uma página 100% de DIREITA. Você pode e tem voz.



"Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem"


O jornalismo em que você confia depende de você. Colabore com a Imprensa livre sem dinheiro público, doando qualquer valor. Acesse:








ALIANÇA PELO BRASIL: "Este é um momento histórico, onde a maioria silenciosa finalmente terá voz". Ajude o presidente, curta a Página


Pátria amada Brasil até morrer!
Grupo Público · 50.197 membros
Participar do grupo
Temos total liberdade de apoiarmos a direita encabeçada por Jair Bolsonaro e depois Sergio Moro. junte-se a nós.

Destaque do dia..

Em menos de 24 horas, redes sociais do novo partido de Bolsonaro se aproxima de 300 mil seguidores

Na noite da última terça-feira (12), o presidente da República, Jair Bolsonaro, anunciou sua saída do PSL após muitas divergências com ...

As mais lidas do dia