Publicidade
Marco Aurélio garante reversão do placar de 6 a 5, a soltura de lula e mais 169 mil presos e que não teme a sociedade






Marco Aurélio garante reversão do placar de 6 a 5, a soltura de lula e mais 169 mil presos e que não teme a reação da sociedade


Radiante, otimista e com ares de vitorioso, o ministro Marco Aurélio Mello concedeu entrevista nesta quinta-feira (28) a Andréia Sadi, da GloboNews.
Com nova votação do tema sobre a questão de prisão em 2ª instância marcado para o próximo dia 10 de abril, Marco Aurélio acredita numa reversão do placar, estabelecendo-se 6 a 5 para o entendimento de que não cabe a execução da sentença depois da decisão de 2ª instância.


“Creio que se, se confirmar a previsão de que o ministro Gilmar Mendes hoje adota o entendimento segundo ao qual não pode haver a execução provisória, açodada da pena, nós reverteremos aquele score (placar) apertado de 6 a 5, a maioria vai se formar no sentido, sob a minha ótica, de homenagear a Constituição Federal”.
Caso realmente isso ocorra, esse novo entendimento implicará na soltura de cerca de 170 mil réus condenados em todo país, incluindo-se ai o meliante petista Luiz Inácio Lula da Silva.
Sobre a repercussão da decisão, o ministro afirmou para a repórter da Rede Globo que não teme a reação da sociedade.



“Não posso temer porque se eu não tiver couraça para decidir segundo meu convencimento sobre a matéria, nós estaremos muito mal”.
Se isto efetivamente acontecer e todos esses criminosos ganharem a liberdade, o STF estará na realidade homenageando a impunidade.

Isso tem que ser compartilhado...


AGORA DEPENDEMOS DE VOCÊ PARA CONTINUARMOS NO AR


O jornalismo em que você confia, conservador, depende de você. Colabore com a independência do DENÚNCIA POLÍTICA doando qualquer valor; "Doar é uma pratica que requer desapego.

Quero doar 10:


Quero doar 20:


Quero doar 30:

DEIXE SUA OPINIÃO:

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem

Postagem Anterior Próxima Postagem

Anúncio

Anúncio

----

Anúncio




Anúncio