PGR Raquel Dodge é contra Moro, e a favor do STF que pode matar a lava-jato "de que lado ela estar?"

Por; Rosinaldo Pereira /colunista



A Corte definirá se a Justiça Eleitoral deve investigar casos de corrupção em que a propina tenha sido repassada por meio de caixa 2 de campanha.

A procuradora-geral disse ao ministro da Justiça que defende a separação dos casos, deixando a parte da corrupção para a Justiça Federal e a parte do caixa 2 para a Eleitoral.



É o que propôs Moro no pacote anticrime enviado ao Congresso no mês passado.

Eventual remessa de toda a investigação para a Justiça Eleitoral pode enterrar muitas investigações da Lava Jato, por falta de estrutura desse ramo para apurar crimes complexos, que envolvem lavagem de dinheiro, por exemplo.



-Porquê Raquel Dodge sempre sai em proteção do Ministro Gilmar Mendes? é só uma pergunta!


Continue lendo....