Publicidade
Associação Nacional do MP, reage e vai com tudo pra cima da OAB, que propôs derrubar a prisão em segunda instância






"Reverter o atual entendimento traria insegurança jurídica"




Por; Rosinaldo Pereira 



A Associação Nacional do Ministério Público reagiu ao estudo da OAB que propôs derrubar ou relativizar a prisão em segunda instância.

Afirmou, em nota, que reverter o atual entendimento traria insegurança jurídica e dificultaria a atuação do MP contra criminosos de elevado poder econômico e/ou político.



“Os recursos extraordinário e especial [dirigidos às instâncias superiores] não permitem a rediscussão de matéria fático-probatória, de maneira que a jurisdição, quanto a esse aspecto, se encerra definitivamente em 2ª instância, não havendo qualquer razão para se presumir que os órgãos que até então tenham atuado na persecução penal hajam executado irregularmente suas funções – sobretudo no vigente ambiente democrático, de absoluta transparência e de plenas liberdades”, diz nota da entidade.

Um leitor anônimo disse que; se OAB está contra, então o pacote anti-crime de Moro é ótimo. -Nisso eu tenho que concordar.

Veja também;



 


Janaina Paschoal deixa bancada do PSL “Amigos, vocês estão sendo cegos"  Estou saindo do grupo

AGORA DEPENDEMOS DE VOCÊ PARA CONTINUARMOS NO AR


O jornalismo em que você confia, conservador, depende de você. Colabore com a independência do DENÚNCIA POLÍTICA doando qualquer valor; "Doar é uma pratica que requer desapego.

Quero doar 10:


Quero doar 20:


Quero doar 30:

DEIXE SUA OPINIÃO:

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem

Postagem Anterior Próxima Postagem

Anúncio

Anúncio

----

Anúncio




Anúncio