Uma página a serviço do Brasil:

Juiz decide que Adélio Bispo, o esfaqueador de Bolsonaro é "Inimputável" será isenta de pena



Atualizado; as 19:9 hrs 
Psiquiatra da defesa de Bolsonaro confirmou insanidade de Adélio

Uma médica psiquiatra contratada pela defesa de Jair Bolsonaro concluiu que Adélio Bispo de Oliveira é portador de Transtorno Delirante Persistente, segundo nota publicada pela Justiça.

Trata-se da doença alegada pela defesa que levou o juiz do caso, Bruno Savino, a considerar o autor do atentado inimputável.


A Crusoé noticia que Adélio Bispo de Oliveira, autor do atentado a Jair Bolsonaro, foi considerado pelo juiz Bruno Savino portador de transtorno mental e, portanto, inimputável.

Os advogados de Adélio continuam sem dizer quem os paga.

Leia um trecho da reportagem;

"O juiz Bruno Savino, da 3ª Vara Federal de Juiz de Fora, decidiu que Adélio Bispo de Oliveira, que tentou matar o presidente Jair Bolsonaro durante a campanha eleitoral, é inimputável. Segundo o juiz, todos os profissionais médicos que examinaram Adélio, tanto os designados por ele quanto os da acusação e defesa, chegaram no mesmo resultado"



Inimputável "É a pessoa que será isenta de pena em razão de doença mental ou desenvolvimento mental incompleto ou retardado que, ao tempo da ação ou omissão, não era capaz de entender o caráter ilícito do fato por ele praticado ou de determinar-se de acordo com esse entendimento.".

-Um crime praticamente perfeito.

-Perguntar não faz mal; -Basta recrutar loucos para fazer besteiras Senhor juiz? É isto que está justiça está pregando?



Compartilhe e alcance mais pessoas:

Seguir no twitter;



Deixe sua opinião, é muito importante:

Uma página de Direita, tudo sobre Moro e Bolsonaro:











Notícias Relacionadas

  • Volte para capa e leia mais >>>>> Leia mais...

  • .Direto da Fonte, com Rosinaldo Pereira

    .O lado oculto da política