destaque!

Veja-se na sua velhice aqui, Bolsonaro e companhia já aderiram a brincadeira

De políticos, como Flávio Bolsonaro, até celebridades, como Xuxa, milhares de pessoas se renderam à mais nova febre da internet: envelh...

lula cai nas mãos de Thompson Flores, lava jato se fortalece

(Sem Deus não há vida, sem família não há base para nada...)



Por; Rosinaldo Pereira






A nova composição da Oitava Turma do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4) não vai facilitar a vida do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no colegiado, responsável por julgar em segunda instância as apelações em processos da Operação Lava Jato – pelo contrário. Com a eleição do desembargador federal Victor dos Santos Laus para a presidência do TRF4, ele será substituído na turma pelo atual presidente do tribunal, Carlos Eduardo Thompson Flores Lenz, que se unirá aos desembargadores federais João Pedro Gebran Neto, relator da Lava Jato no TRF4, e Leandro Paulsen.



Thompson Flores foi só elogios à sentença do juiz Sergio Moro no caso do tríplex do Guarujá (SP), considerado mais complexo em provas do que o processo do sítio de Atibaia (SP), próxima ação contra o petista a ser julgada pela Oitava Turma – já com o novo integrante. Em entrevista ao jornal O Estado de S. Paulo em agosto de 2017, o presidente do TRF4 disse que o ex-juiz fez um “exame minucioso e irretocável da prova dos autos”, classificou a decisão como “tecnicamente irrepreensível” e concluiu que ela “vai entrar para a história do Brasil”. “Gostei. Isso eu não vou negar”, admitiu.



Também foi Thompson Flores o responsável por colocar fim à batalha de decisões entre o desembargador Rogério Favreto e Sergio Moro em torno da soltura de Lula em um plantão do TRF4 – um fim negativo para o petista, a propósito. Naquele domingo 8 de julho de 2018, durante seu plantão, Favreto mandou soltar Lula, Moro se negou a cumprir a ordem, o desembargador plantonista reiterou sua decisão, Gebran Neto suspendeu a soltura e Favreto insistiu que o ex-presidente deveria deixar a cadeia. O tiroteio acabou quando o presidente do TRF4 determinou que Lula ficaria preso.

-Thompson Flores, realizou uma visita  institucional em janeiro (15/1) ao novo ministro da Justiça e Segurança Pública do governo federal, Sérgio Fernando Moro. 

O encontro entre as autoridades aconteceu no gabinete do ministro, em Brasília. 
Seguir no twitter;

Continue lendo e deixe seu comentário....


-A esquerda quer nos calar! não deixe que isso aconteça, curta nossa página...


Deixe seu comentário aqui!


  • APÓS COMENTAR, VOLTE PARA CAPA
  • Compartilhe Agora




    Patrocinado por AnunciAD