Pensando em ser presidente, João Doria abadona Bolsonaro


Publicidade




Por; Rosinaldo Pereira




João Doria, que pegou carona no bolsonarismo para se eleger, já desembarcou antes do tempo.

Ele falou para o Estadão que não vai participar da marcha de domingo:

Minha posição é contrária à realização dessas manifestações. Respeito quem for aos atos, sobretudo se forem pacíficos, porque se trata de um direito de todos. Mas, como governador de São Paulo, entendo que não é hora de propor o acirramento dos ânimos e, sim, de pregar a responsabilidade com o País e a união de esforços para que possamos superar a grave crise econômica do Brasil (…).



A dualidade da pauta já deveria servir para desaconselhar o apoio a essa manifestação. A hora é de paz, de entendimento nacional. As autoridades deveriam fazer um esforço nesse sentido.”

João Doria empregou vários ministros de Michel Temer, e o PSDB organiza manifestações  junto com o PT, contra Jair Bolsonaro. -Todo mundo sabe que o governador de São Paulo, sonha em ser presidente do Brasil.


Publicidade

Anúncio