Anúncio
100% digtal
Publicidade

Anúncio

DESTAQUE DA SEMANA

DORIA NÃO FALOU PARA O POVO QUE FALTA INSUMOS NA CHINA; COMEÇOU O ALVOROÇO, PALANQUE ELEITORAL

  Está faltando a verdade...  A Covishield, versão indiana do imunizante da AstraZeneca, não chegou e o lote do Butantan é limitado. Faltam ...

Talvez você tenha perdido

Continuar depois da publicidade

Barroso será relator de interpelação de Santa Cruz contra Bolsonaro




O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Luís Roberto Barroso foi sorteado como relator da ação protocolada pelo presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Felipe Santa Cruz, que pede esclarecimentos do presidente Jair Bolsonaro sobre as declarações que deu na última segunda-feira sobre a morte de seu pai, Fernando Santa Cruz, ocorrida durante a ditadura militar. 


Na segunda-feira 29, Bolsonaro disse que poderia “contar a verdade” sobre como Fernando Santa Cruz desapareceu na ditadura militar. “Um dia, se o presidente da OAB quiser saber como é que o pai dele desapareceu no período militar, eu conto pra ele. Ele não vai querer ouvir a verdade”, disse.


Bolsonaro também afirmou que Fernando participou da luta armada e que suas conclusões foram tiradas com base em sua “vivência”. “Conto pra ele. Não é minha versão. É que a minha vivência me fez chegar nas conclusões naquele momento. O pai dele integrou a Ação Popular, o grupo mais sanguinário e violento da guerrilha lá de Pernambuco e veio desaparecer no Rio de Janeiro”, afirmou em coletiva de imprensa. Segundo documentado pela Comissão Nacional da Verdade, Fernando não participou da luta armada.