destaque!

Fernando Haddad diz não estar preparado para passar quatro anos e seis meses na cadeia

O ex-candidato do PT a presidente da República, Fernando Haddad, está na iminência de ir fazer companhia para o ‘chefe’. O poste aca...





BOMBA! jornalista descobre que Glenn do Intercept pode ser o hacker, Glenn ensina com detalhes como cometer crimes de hackeamento

(Sem Deus não há vida, sem família não há base para nada...)



Por; Rosinaldo Pereira






OS  hackers, protegido pela grande Mídia, todos contra o governo Bolsonaro, eles tiram sarro da Justiça a toda hora.


Os  hackers são criminosos que mergulham (roubam) dados pessoais sem a permissão do proprietário para obter documentos, coversas, etc com um único fim, no caso da operação lava jato, "soltar o criminoso preso e condenado em curitiba, o ex-presidente Luiz Inácio lula da Silva". -O grande disfarce é "denegrir Moro e a lava jato".

Circula na internet uma matéria curiosa. O síte Denúncia Política divulgou hoje, 22/07/19, o seguinte título; UOL descobre quadrilha de hackers que se aliou a Glenn Greenwald ,Intercept,  mas não entrega a PF, muito curioso né.



O jornalista Oswaldo Eustáquio, do AgoraParaná, que é publicado em parceria com o portal UOL, Folha de S. Paulo, revelou neste domingo o que ele chama de "mergulho no inferno do Intercept na Deep Web", onde descobriu o manual do crime usado pelo ativista do Psol, advogado e jornalista Glenn Greenwald.

O jornalista reconheceu que Glenn, dono do Site Intercept, é um suposto criminoso e ainda ajuda outras pessoas a cometerem o mesmo crime. -Uma pergunta; Porque a PF ainda não prendeu esse criminoso?

Oswaldo Eustáquio descobriu que qualquer pessoa pode mergulhar no lado oculto do Intercpt conhecido como "Inferno comandado por Glenn", mas existem regras a serem cumpridas,  "não deixe rastros", isto significa que é por aí que a PF  trabalha.  Segundo o jornalista, eles orientam o criminoso a se dirigir a uma cafeteria e baixar no computador um navegador que esconde o endereço IP da máquina, o Thor. 



Veja um trecho do inferno do Intercept.



"Conecte o seu computador pessoal a uma rede Wi-Fi que não esteja associada a você ou a seu empregador, como em uma cafeteria, por exemplo. Baixe o Navegador Tor. (O Tor permite que você fique on-line sem revelar seu endereço IP aos sites que você visita.)

Dentro do Tor, acesse o nosso servidor com SecureDrop no endereço http://intrcept32ncblef.onion/?l=pt_BR. Este é um tipo especial de URL que só funciona no Tor. (Importante: não digite essa URL em um navegador que não seja Tor. Ela não funcionará – e sua tentativa ficará registrada.)


Então, siga as instruções para enviar sua mensagem ou fazer o upload de documentos.”

Greenwald orienta que o crime não pode deixar rastros. O site fundado pelo americano diz ainda que o produto do crime pode ser enviado pelo correio, mas alerta que investigadores podem seguir os rastros.

Lembre-se que, analisando os pacotes, investigadores podem ter acesso a evidências sobre sua identidade, como amostras de sua letra ou até mesmo suas impressões digitais, antes que seu pacote chegue até nós".


-Glenn Greenald mantém um site secreto na Deeb Web, onde ensina com detalhes como cometer crimes. Foi ali que ele buscou o material que vaza criminosamente. Leandro Demori, o jornalista gaúcho que foi um dos editores do blog sujo Nova Corta, é cúmplice do americano.

A grande Mídia sempre tem contato com este tipo de criminoso. Na última semana a Veja entrevistou um deles, agora o Portal UOL mergulha de cara, sem falar da Folha e outra mídias. 

-Que tipo de país é esse?





Seguir no twitter;

Continue lendo e deixe seu comentário....


-A esquerda quer nos calar! não deixe que isso aconteça, curta nossa página...


Deixe seu comentário aqui!


  • APÓS COMENTAR, VOLTE PARA CAPA
  • Compartilhe Agora




    1964 Pode voltar! -Inscreva-se no canal Pátria amada Brasil










    Bombando na WEB