Uma página a serviço do Brasil:

Não foi de graça a aprovação da Reforma, Rodrigo Maia e Centrão "preparam Golpe" contra governo Bolsonaro e o povão




"Golpe em andamento"


A aprovação da Reforma da previdência não foi de graça, o preço foi muito caro.


O presidente da Câmara, Rodrigo Maia, já trabalha nos bastidores para tentar escantear e neutralizar o governo de Jair Bolsonaro. O acordo foi, "todo mundo vota na Reforma, depois no Parlamentarismo".

O parlamentarismo, sistema rejeitado pela população duas vezes e discutido durante a reforma política proposta pelo ex-presidente Michel Temer, voltou a tomar os corredores do Congresso. Primeiro, com as derrotas do governo Bolsonaro no início do mandato, e agora, depois da vitoria do governo Bolsonaro com a Previdência, embora Maia não admita.



Segundo a folha de S. Paulo, ao concluir a missão que tomou como pessoal, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), enviou recados explícitos ao Planalto. No discurso que selou a aprovação em primeiro turno da reforma da Previdência, enalteceu o Parlamento, os partidos, seus líderes, a oposição e o STF. Tudo o que o bolsonarismo abomina. Nenhum aliado dele crê que o governo vá dividir os louros da vitória. Por isso, a fala foi vista como o anúncio de que a Casa, agora, tem uma agenda para chamar de sua.



As linhas gerais dos próximos passos do Congresso foram delineadas também no discurso de Maia: reforma tributária e administrativa. Os detalhes desse macroprojeto serão alinhavados no recesso. Maia e o presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), vão dedicar boa parte do período a isso.

- A sociedade tem que ficar em alerta, ativar as turbinas da moralidade, da coerência, da verdade e continuar as manifestações em favor de um novo Brasil. - O Brasil não pode parar! -nunca mais. 



Compartilhe e alcance mais pessoas:

Seguir no twitter;



Deixe sua opinião, é muito importante:

Uma página de Direita, tudo sobre Moro e Bolsonaro:











Notícias Relacionadas

  • Volte para capa e leia mais >>>>> Leia mais...

  • .Direto da Fonte, com Rosinaldo Pereira

    .O lado oculto da política