Neste site tem: "Black Friday"







O PT morreu, não aprova mais nada na Câmara, enquanto Bolsonaro cada dia mais forte

Em: __Por: Rosinaldo Pereira

__ 7/13/2019




O PT morreu, não aprova mais nada na Câmara, enquanto Bolsonaro cada dia mais forte







Decididamente, o PT não tem mais força e muito menos influência sobre outros partidos de oposição na Câmara dos Deputados. Isso ficou claro nesta sexta, 12, no balanço final da votação de destaques no texto-base da reforma da Previdência Social.


O partido tentou emplacar três mudanças, mas não obteve sucesso. O plenário, formado em sua ampla maioria por aliados do Palácio do Planalto, rejeitou as iniciativas, com larga margem de votos.

1. Conseguiu apenas 156 votos favoráveis, contra 328, em destaque que pretendia manter o pagamento de pensões integrais em todos os casos, sem a aplicação das cotas por dependentes.


2. A segunda derrota foi na tentativa, também frustrada, de manter a regra de cálculo atual do valor da aposentadoria. A ideia foi rejeita por 346 votos a 131.

3. Finalmente, o terceiro destaque, que visava retirar da Proposta de Emenda à Constituição da Nova Previdência as novas regras de cálculo das pensões de servidores e trabalhadores privados, recebeu apenas 129 votos favoráveis e 340 contrários.



Se você não divulgar, a Globo não divulga: Compartilhe em "grupos" e alcance mais pessoas:


Seguir; Aliança pelo Brasil



Seguir no twitter;



"Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem"


O jornalismo em que você confia depende de você. Colabore com a Imprensa livre sem dinheiro público, doando qualquer valor. Acesse:








ALIANÇA PELO BRASIL: "Este é um momento histórico, onde a maioria silenciosa finalmente terá voz". Ajude o presidente, curta a Página


Pátria amada Brasil até morrer!
Grupo Público · 50.197 membros
Participar do grupo
Temos total liberdade de apoiarmos a direita encabeçada por Jair Bolsonaro e depois Sergio Moro. junte-se a nós.

Destaque do dia..

Alcolumbre, e Rodrigo Maia, ambos do (DEM) boicotaram votação da PEC de prisão em 2ª instância, só semana que vem

A CCJ da Câmara não conseguiu avançar com a tramitação da PEC da prisão de condenados em segunda instância. A  do parecer da deputada...

As mais lidas do dia