Anúncio


Publicidade
Anúncio

Talvez você tenha perdido

Anúncio
Continuar depois da publicidade


O recado aos Deputados; Se saírem de férias antes de votar a Nova Previdência, não precisam voltar




"O Brasil está parado já a algum tempo"

Atualizado 16:02hrs -Comissão aprova requerimento para acelerar votação dos destaques
-A base governista acabou de conseguir aprovar, por 34 votos a 12, um requerimento para votar em bloco os destaques ao relatório da reforma da Previdência.


O objetivo é dar mais celeridade à votação e encerrar ainda hoje os trabalhos na comissão especial.



O Congresso não está prejudicando Jair bolsonaro, mas sim, o Brasil.

Samuel Moreira não esconde mais sua chateação com alguns líderes partidários.



O relator da Previdência já entendeu que não importa o quanto ele mexa no texto, alguns estão convencidos de que a reforma não deve ser votada antes do recesso, no plenário da Câmara, e, por isso, farão de tudo para atrapalhar.

Depois de se arrastar até a madrugada desta quinta-feira, a sessão que analisa o relatório da reforma da Previdência na comissão especial da Câmara deve ser retomada hoje.




A expectativa dos parlamentares é de que, finalmente, seja votado o relatório do deputado Samuel Moreira. -A sessão estava inicialmente programada para a tarde de ontem, mas só começou por volta das 20 horas.

O texto precisa ser aprovado pela comissão para seguir ao plenário da Câmara.

-O atraso ao desenvolvimento do país não é de hoje.

A sociedade manda um recado aos parlamentares.
-Se saírem de férias antes de votar a Nova Previdência, não precisam voltar.

O QUE HÁ DE NOVO