Uma página a serviço do Brasil:

The Intercept insinua que a Lava Jato mandou matar Teori Zavascki



A assessoria de imprensa do jornalista estrangeiro americano Glenn Greenwald, do site The Intercept, mandou e-mail ao editor, ainda há pouco, insinuando o seguinte:

A Lava Jato mandou matar Teori Zavasck

Diz o press release do site americano:



- Uha, ahu, o Fachin é nosso”, comemorou Dallagnol nos chats vazados após conversa de 45 minutos com o ministro no momento de troca do relator, depois da morte de Teori. Além de imaginarmos o procurador fazendo um gesto “hang loose” com a mão, exultante com a “saída” de cena de um opositor que se tornava perigoso, essas revelações nos fazem relembrar as anomalias e sincronismos daquele momento.



O filho de Teori sabia das ameaças

O pessoal do site do jornalista estrangeiro americano usa o nome do filho Teori, Francisco, para insinuar que ele sabia de tudo:

- Desde 2016, o filho da Teori, Francisco Zavascki, alertava em seu perfil do Facebook sobre ameaças que a família vinha sofrendo. Confirmado pelo jornal Folha, em que ele relatava que a família estava seriamente preocupadas pelas ameaças telefônicas.

The Intercept tem uma equipe de jornalistas que abastecem a mídia com informações mentirosamente distorcidas sobre o que publica. Com informações do jornalista políbio braga.



Compartilhe e alcance mais pessoas:

Seguir no twitter;



Deixe sua opinião, é muito importante:

Uma página de Direita, tudo sobre Moro e Bolsonaro:











Notícias Relacionadas

  • Volte para capa e leia mais >>>>> Leia mais...

  • .Direto da Fonte, com Rosinaldo Pereira

    .O lado oculto da política