Anúncio
100% digtal
Publicidade

Anúncio

DESTAQUE DA SEMANA

DORIA NÃO FALOU PARA O POVO QUE FALTA INSUMOS NA CHINA; COMEÇOU O ALVOROÇO, PALANQUE ELEITORAL

  Está faltando a verdade...  A Covishield, versão indiana do imunizante da AstraZeneca, não chegou e o lote do Butantan é limitado. Faltam ...

Talvez você tenha perdido

Continuar depois da publicidade

Bolsonaro vence questão, e é isento por apoio em outdoor, o MPF perdeu





TSE isenta Bolsonaro por apoio em outdoor.


O TSE arquivou um pedido do Ministério Público para multar Jair Bolsonaro por propaganda antecipada, por causa de um outdoor no Espírito Santo que o exaltava, antes do período oficial de campanha, no ano passado.


“Não me aborreço com o que a mídia diz… A mídia que tenta assassinar minha reputação é a mesma que defende museus com obras que incentivam a pedofilia e abominações. O Brasil precisa de um candidato honesto, patriota e cristão”, dizia o outdoor com a foto de Bolsonaro e que, segundo a defesa, foi bancado por apoiadores, sem conhecimento do próprio.

Por unanimidade, os ministros entenderam que não houve campanha antecipada, por não haver sequer pedido por votos.


“Estender a manifestações legalmente tidas por não eleitorais vedações típicas da propaganda eleitoral seria impor limitação não amparada em lei à liberdade de expressão (artigo 5º, incisos IV e IX, da CF), garantia constitucional das mais importantes para a efetividade do debate político”, escreveu no ano passado Carlos Horbach, relator inicial do processo.